Plano de mestrado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR – CNEN
INSTITUTO DE PESQUISA ENERGÉTICAS E NUCLEARES – IPEN
CENTRO DE TECNOLOGIA DAS RADIAÇÕES – CTR

PLANO DE TRABALHO DE MESTRADO

Determinação Experimental dos Parâmetros Dosimétricos de Sementes de Iodo – 125
Aplicadas em Braquiterapia

CANDIDATA: Drielle Calixto de Ramos
ORIENTADORA: Dra. Maria Elisa Chuery Martins Rostelato

São Paulo, 23 denovembro de 2009
1. INTRODUÇÃO

1.1 O Câncer
A literatura especializada aponta o câncer como uma das principais causas de morte no mundo, somou-se 7,9 milhões de mortes em 2007, o que equivale a 13% de todos os óbitos1. No Brasil, dados de 2005 da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam essa doença como a quarta maior, perdendo apenas para doenças cardiovasculares, de origem crônica econtaminável. Uma projeção feita para 2030 dessa mesma organização realoca o câncer para terceiro lugar2. As FIG. 1 e 2 apresentam as estatísticas da OMS.

Figura 1 – Estimativa das principais causas de morte no Brasil em 2005.
Figura 2 – Projeção das principais causas de morte no Brasil para 2030.

Os cânceres de pulmão, estômago, fígado, cólon e mama são os maiores agentes na contribuiçãodessas estatísticas, porém esses variados tipos da doença acometem homens e mulheres diferentemente1.
O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum entre as mulheres. Já entre os homens, embora não seja o causador do maior número de mortes da população masculina, o mais prevalente é o câncer de próstata sendo o sexto tipo mais comum no mundo3.
Em 2007, oInstituto Nacional de Câncer (INCA) apresentou estimativas para o número de casos novos da doença com relação ao sexo e ao tipo de câncer, válidas como referência para os anos de 2008 e 20093. Através da FIG. 3 verifica-se que excluindo os casos de câncer de pele não melanoma (115.010 casos), o principal agente da doença entre as mulheres é o câncer de mama (49.400 casos) e nos homens, de próstata (49.530casos).

Figura 3 – Estimativa dos tipos de câncer de maior incidência na população brasileira, válida para os anos de 2008 e 2009.

1.2 O Câncer de próstata e os tratamentos
De acordo com a Associação Americana de Urologia, um em cada três homens com idade superior a 50 anos mostram evidências histológicas de câncer de próstata, sendo que 80% desses tumores apresentam tamanhos egraus pequenos, gerando um caso não preocupante clinicamente. Outro estudo realizado em órgãos doados revelou que 1 a cada 3 homens com idade entre 60 e 69 anos possuem a doença e a medida que a idade avança, as chances crescem, chegando a atingir aproximadamente 50% dos homens aos 75 anos4.
Na maioria das vezes, o câncer na próstata tem desenvolvimento lento, levando cerca de 15 anos para atingir1cm3, o que dificulta o estímulo aos homens em fazer os exames diagnósticos da doença5. Quanto antes esse câncer é detectado, maiores são as chances de cura seguida de tratamentos mais leves. Pesquisas apontam que fatores genéticos, alimentação e estilo de vida podem estar relacionados com a doença.
O câncer de próstata possui inúmeros tipos de tratamento. A escolha daquele mais adequado sebaseia no grau de estágio do tumor, na velocidade de crescimento, idade e saúde do paciente6,7.
A Radioterapia utiliza radiação ionizante contra o câncer. Há duas formas das quais a radiação pode atingir o tumor: uma é o método da teleterapia, onde uma fonte externa emite radiação que atinge o paciente no local da doença, porém este tratamento pode atingir outras estruturas do corpo que estejampróximas ao tumor; a segunda opção é a braquiterapia, onde pequenas cápsulas de material radioativo são inseridas no paciente, afetando ao mínimo, outros órgãos nas proximidades do tumor, uma vez que doses da radiação são liberadas diretamente sobre o local afetado.
Um dos benefícios da braquiterapia é o curto tempo na qual ela é realizada, permitindo uma hospitalização do paciente de apenas 24...
tracking img