Planejamento estrategico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
2- A gestão organizacional: em busca do comportamento holístico



Introdução

As organizações modernas estão imersas em ambientes dinâmicos, provocando alterações radicais na forma de serem gerenciadas. A solução deste problema está na capacidade dos gestores em aprender a aprender o novo e desaprender o passado, o obsoleto, ou seja, passa por uma reconceitualização dos modelosmentais de cada indivíduo, refletindo, por conseguinte, na própria mudança de atitude da organização como instituição constituída.

Em outras palavras, o aprendizado individual e o aprendizado em equipe influenciam o aprendizado institucional da organização. É, na verdade, a capacidade de explorar oportunidades de maneira flexível e adaptativa à geração de novas ideias, sejam elas obtidas pormeio de atividades revestidas de sucesso ou mesmo de fracasso, haja vista que em toda e qualquer situaçãohá sempre lições de aprendizado. Sendo assim, a grande vantagem competitiva das organizações contemporâneas está no conhecimento adquirido individual ou institucionalmente por organizações de sistemas abertos. Sabe-se hoje que a organização como sistema fechado teve êxito em seu tempo, mas agoraestá fadada ao fracasso. Para ser mais contundente a empresa tem de ser administrada de maneira holística, sendo autotransformada e autoreinventada continuamente.

Não existe, no entanto, um motivo antecipado para condenar lentamente o paradigma dominante atual à medida que o tema é encaminhado, já que a finalidade deste texto é de criar o debate e a reflexão dos dois paradigmas: umclassificado como paradigma ultrapassado, o newtoniano-cartesiano, ou reducionista que é também o dominante nos dias atuais, e o outro, o paradigma moderno, o holístico.

Existe, no momento, uma defesa ao paradigma holístico para as organizações, sob a visão de um novo tempo de transformações e turbulências pelas quais as empresas deverão atravessar. Desta forma temos a impressão que só atravésdessa interpretação as organizações irão amortecer os abalos de um ambiente competitivo, repleto de incertezas, imprevisibilidade e instabilidade.

Desde já devemos afastar a ideia que o novo paradigma é a salvação para o sucesso das organizações, mesmo porque a visão atual nos mostra que os paradigmas, na realidade, são complementares e não excludentes em alguns casos. Isto significa queseo paradigma anterior não foi uma solução mágica, o modelo holístico também não o será.

Desta forma fica clara a preocupação em discutir a complementaridade entre estes dois paradigmas e não simplesmente considerar um ou outro como sendo o correto para as organizações na atualidade, tendo em vista que a aplicação pura e simples de u m deles é utópica.




O modelonewtoniano-cartesiano: o reducionismo.

Este paradigma está apoiado em elementos como o reducionismo e a fragmentação na interpretação de fenômenos; o determinismo levado a extremos; a previsibilidade, a certeza e a estabilidade de causas dos fatos do ambiente, o método analítico e indutivo de estudo; as cadeias lineares de causa e efeito e o conhecimento restrito ao entendimento de disciplinas isoladas.Dentro deste raciocínioos fenômenos complexos só deveriam ser compreendidos se reduzidos em partes, sendo o resultado final a soma das partes totais.

Existem pontos fortes e pontos fracos na interpretação das organizações como máquinas. Como ponto forte, há o fato de as organizações mecanicistas funcionarem bem somente sobcondições em que as máquinas também funcionam. Por exemplo, quandoexistem tarefas contínuas e rotineiras a serem desempenhadas; quando o ambiente é estável quando o produto é sempre o mesmo; e, principalmente, quando os componentes humanos da “máquina” são servis e se comportam como planejado.

Como limitações, ainda mais evidentes, nos dias atuais, pode-se citar, por exemplo, que esse tipo de organização dificulta a adaptação constante em momentos de...
tracking img