Planejamento ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2580 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Planejamento ambiental
Planejamento ambiental é a planificação de ações que visam a recuperar, preservar, conservar e controlar o meio ambiente de determinada região e da saúde da sua população.
Porém o planejamento ambiental como política pública envolve mais questões como levantamento de dados da região para a qual se pretende o planejamento e a mais difícil aanálise das diversas variáveis envolvidas.
Garante as pessoas o acesso a serviços de saneamento básico, porém no Brasil o acesso é restrito devido a sua situação econômica e sua distribuição geográfica, tem locais que não existe nenhuma forma de saneamento onde as pessoas não têm acesso a hospitais, escolas e etc..
Dentre as medidas mais importantes de controle dedoenças esta o saneamento básico, que deve ser planejado desde os primórdios da ocupação de um território, pois o crescimento dessa cidade dependerá em grande parte desse planejamento.
Inicia a partir de análises que envolvem a base conceitual, a relação com os modelos de desenvolvimento e com o desenvolvimento sustentável, a sua previsão legal, os instrumentos existentes, a suaestrutura metodológica administrativa e ambiental, a diversidade de temas envolvidos, a necessidade de estruturação de um sistema de informações e de indicadores para a geração do conhecimento ambiental, as formas de participação pública, o processo de tomada de decisão, a sua fase de monitoramento e avaliação, além de estudos de caso que apresentem a sua realidade prática. O planejamentoambiental, em seus aspectos estruturais e metodológicos, requer a integração de diversas temáticas a cerca da realidade ambiental, a análise do seu histórico, do contexto de desenvolvimento do país em que está inserido e o atendimento aos princípios e objetivos legais existentes, como é o caso daqueles instituídos pela Política Nacional do Meio Ambiente (Lei nº 6.938/81) no que se refere àpreservação da qualidade ambiental e ao planejamento do uso dos recursos naturais.
Esse planejamento deve conter o crescimento da região, a prevenção contra a ocupação de áreas que possam trazer riscos a população local (exemplos: áreas sujeitas a enchentes, áreas de encostas de morros ou áreas próximas a lixões) e problemas ao restante da população (exemplos áreas de mananciais – pois édela que vem a água do consumo da população e áreas de grande importância ecológica).
Planejar o saneamento básico é essencial para estabelecer a forma de atuação de todas as instituições e órgãos responsáveis, ressaltando a importância da participação da sociedade nas decisões sobre as prioridades de investimentos, a organização dos serviços, dentre outras.
Odiagnóstico é uma etapa muito importante do planejamento, pois à precisão e viabilidade do conteúdo depende do que foi analisado pelo diagnóstico feito da cidade em toda sua estrutura, ou seja, se os problemas e a realidade não são compreendidos de forma correta e precisa, a probabilidade de se fazerem propostas fora da realidade é maior. As propostas têm mais viabilidades de acertos quando osdiagnósticos são mais precisos, e o município deve buscar respostas e soluções rápidas para problemas encontrados.
O diagnóstico da situação local dos componentes de abastecimento de água; esgotamento sanitário; limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo de águas pluviais urbanas devem conter projeções, dados atualizados e análise do impacto nas condições de vidada população, indicando: Caracterização de oferta e déficit, indicando as condições de acesso e a qualidade da prestação de cada um dos serviços e observando o perfil populacional, com ênfase nas desigualdades territoriais e sociais (aspectos de renda, gênero e étnico-raciais);...
tracking img