Pipa 2010

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIP - Universidade Paulista
Instituto de Ciências Humanas - Curso de Psicologia- Matutino

ANTONIETA BENJOVENGO A64HHC2AMANDA LULIO COELHO A9648429
LUCINEIDE MARIA ROCHA A6321H1
MARIA APARECIDA DA COSTA A683855Campus Swift - Campinas - 2010

 MACIEL, Rubens de Aguiar  and  ROSEMBURG, Coronélio Pedroso. A relação mãe-bebê e a estruturação da personalidade. Saude soc. [online]. 2006, vol.15, n.2, pp. 96-112.ISSN 0104-1290.Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v15n2/10.pdf> Acesso em 20 nov 2010
Este artigo foi realizado uma reflexão sobre a construção da personalidade tentandocompreender a população de jovens moradores de rua.Envolver-se com crimes,drogas,ser abandonado é algo que pode acontecer com qualquer pessoa independente da classe social, o que não justifica a escolha deuma vida marginal.
Foram entrevistados cinco jovens; três homens e duas mulheres.
O ambiente familiar onde passaram seus primeiros anos de vida era ambientes propícios a estresseo que provavelmente pode ter influenciado a estrutura de suas personalidades. tiveram referências positivas ao longo da vida, declararam tristeza por viverem longe de suas famílias, outros tiveramirmãos que seguiram caminhos opostos ao seu,alguns reconsideraram seu estilo de vida de acordo com a realidade que testemunhavam pelas ruas.Apenas dois conseguiram adiantar os estudos e manter-seafastados das drogas por um período de tem pó mais longo. Ao nascer o bebê depende da mãe e essa relação é intensa para construção de sua personalidade
"A ausência de pai, mãe, figuras cuidadorasconstantes podem promover dificuldades na formação da personalidade. Uma mãe suficientemente equilibrada e amadurecida é essencial para atender as necessidades físicas e emocionais de seu bebê e,...
tracking img