Pesquisa de citologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Bactérias:As bactérias são os seres vivos mais simples do ponto de vista estrutural, e de menor tamanho, podendo ser conhecidas também como micróbios. As bactérias são microorganismos unicelulares, procariontes, e algumas causam doenças. São abundantes no ar, no solo e na água e na sua maioria inofensivas para o ser humano, sendo algumas até benéficas.Por serem microrganismos procariontes, nãoapresentam um núcleo definido, estando o seu material genético compactado e enovelado numa região do citoplasma chamada de nucleóide. As bactérias apresentam uma membrana plasmática recoberta por uma parede celular. Diferente das células eucarióticas, nas bactérias não aparecem organelas delimitadas por membranas. O tamanho das bactérias pode variar de 0,2 a 5,0 micrômetros.As bactérias sereproduzem por divisão celular ou fissão binária.
Vibrio cholerae: A bactéria que causa cólera (ao microscópio eletrônico)
Micobactérias: são bacilos aeróbios, imóveis, não esporulados e Gram-positivos; Não são corados com facilidade e resistem a agentes descorantes durante a técnica de coloração, sendo por isso chamados de bacilos álcool-ácido resistente (BAAR). Outras características incluem ocrescimento lento de algumas espécies em meios especiais a 37º, enquanto que formas saprófitas crescem rapidamente na maior parte dos meios de cultura a 37º e a 22ºC. A maior parte das micobactérias são responsáveis por infecções pulmonares e cutâneas, como em outros órgãos. Seu tamanho é de 0,2 a 10 milimicra de tamanho.
Mycobacterium bovis
Leptospiras: A estrutura interna das leptospiras compreendeum cilindro citoplasmático espiralado, dobrado em torno de um filamento axial, com toda a célula aparentemente recoberta por uma membrana fina e delicada. O filamento axial mais curto é uma estrutura característica, presa de alguma maneira à extremidade do cilindro protoplasmático. O gênero conta com duas espécies uma patogênica, Leptospira (L) interrogans e outra apatogênica, L. biflexa. Seutamanho é de 3-30x0,60µm. Sua multiplicação é verificada mediante divisão simples. O deslocamento é realizado mediante movimentos giratórios de propulsão ao redor do eixo corporal. É observado de maneira ótima no microscópio com campo escuro

Leptospiras em microscopia eletrônico.
Riquetsias: são bactérias muito pequenas que mal podem ser vistas com um microscópiocomum (microscópio óptico). Estes organismos são procariotos (também não possuem núcleo e são unicelulares) como as outras bactérias e arqueobactérias, mas possuem uma diferença: vivem, quase sempre, dentro de outras células; são parasitas portanto. Elas causam doenças em seres humanos como o tifo (transmitida por piolhos!) e a febre maculosa (transmitida por carrapatos). É formado por microrganismosde 0,3 a 0,5 micrometros de tamanho, que ocupam uma posição intermediária entre os vírus e as bactérias.

Vírus: As dimensões dos vírus, evidenciadas por estudos eletromicroscópicos, de ultrafiltração e ultracentrifugação, variam de 10 a 350 milimicra de diâmetro; o comprimento chega até 2.000 milindrica (vírus da Tristeza do Citrus). Os vírus não são considerados seres vivos porque são inertesfora das células hospedeiras. No entanto quando penetram em uma célula hospedeira o ácido nucléico viral torna-se ativo, sendo capaz de promover a multiplicação viral, deste ponto de vista os vírus estão vivos quando estão dentro da célula hospedeira.

Vírus Influenza.

Príons: são moléculas proteicas que possuempropriedades infectantes. O nome príon vem do inglês proteinaceous infectious particles, que quer dizer partículas proteicas infecciosas. Tais partículas se distinguem de vírus e bactérias comuns por serem desprovidos de carga genética.
Existe um gene, denominado prinp, que é responsável pela síntese da proteína príon celular (PrPc). Na sua forma normal e saudável, essa proteína, além de participar do...
tracking img