Pesquisa cientifica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1021 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ
UNIVERSIDADE DE FORTALEZA - UNIFOR
Centro de Ciências Tecnológicas – CCT
Curso de Engenharia Civil

A PESQUISA CIENTÍFICA



Fortaleza – 2012



A PESQUISA CIENTÍFICA

Trabalho apresentado para obtenção de nota parcial (2ª NP) da disciplina Produção de Texto Técnico do Curso de Engenharia Civil do Centro de Ciências Tecnológicas da Universidade de Fortaleza.Fortaleza – 2012

Pesquisa é todo ato de analisar, compreender, buscar¹ e averiguar toda forma de conhecimento afim de obter várias informações sobre um tema desejado através do uso do método científico, para que dessa forma seja possível adiquirar ou aumentar o nível de conhecimento sobre o tema analisado. Para Descartes (2006, p.87) "Para pesquisar a verdade é preciso duvidar, quanto sejapossível, de todas as coisas, uma vez na vida." É também de suma importância para a sociedade, pois é a partir da pesquisa que se inicia a busca de respostas para várias das curiosidades da humanidade, tais como: cura de doenças, sustentabilidade, etc.
Pesquisar, assim, é sempre também dialogar, no sentido específico de produzir conhecimento do outro para si, e de si para o outro, dentro decontexto comunicativo nunca de todo devassável e que sempre pode ir a pique. Pesquisa passa a ser, ao mesmo tempo, método de comunicação, pois é mister construir de modo conveniente a comunicação cabível e adequada, e conteúdo da comunicação, se for produtiva. Quem pesquisa tem o que comunicar. Quem não pesquisa apenas reproduz ou apenas escuta. Quem pesquisa é capaz de produzir instrumentos eprocedimentos de comunicação. Quem não pesquisa assiste à comunicação dos outros. (Demo,2001,p.39)
A pesquisa se torna essencial para o indivíduo que quer ser introduzido na sociedade como um todo e assim ficar a par de assuntos quais quer que nela circundam.
...parte de certos questionamentos básicos, apoiados em teorias e hipóteses, que interessam á pesquisa, e que, em seguida, oferecem amplo campo deinterrogativas, fruto de novas hipóteses que vão surgindo, à medida que se recebem as respostas do informante. Desta maneira, o informante, seguindo espontaneamente a linha de seu pensamento e de suas experiências dentro do foco principal colocado pelo investigador, começa a participar na elaboração do conteúdo da pesquisa. (TRIVIÑOS 1987, p. 146)
Nunca é demais insistir que as constantesdivulgações das pesquisas oferece uma boa oportunidade de verificação das nossas opções de desenvolvimento futuro.
A pesquisa tem uma grande importância dentro de uma Universidade, é com ela que os acadêmicos ampliam seus conhecimentos e adquirem uma melhor formação acadêmica e profissional.
Um acadêmico não pode limitar a sua Universidade em apenas se formar para ser um bom profissional, tem quetirar da mesma uma bagagem de conhecimentos, ser um grande estudioso da área e isso só é possível através da pesquisa. Demo segue um raciocínio parecido.
Necessariamente, pesquisador, ou seja, profissional da reconstrução do conhecimento, tanto no horizonte da pesquisa como princípio científico, quanto, sobretudo, como princípio educativo. O aluno que queremos formar não é só um técnico, masfundamentalmente um cidadão, que encontra na habilidade reconstrutiva de conhecimento seu perfil, talvez mais decisivo. Tem pela frente o duplo desafio de fazer o conhecimento progredir, mas mormente de o humanizar. Parece fundamental superar a marca histórica do professor como alguém capacitado em dar aulas, porque isso já não representa estratégia relevante de aprendizagem. Ser professor ésubstancialmente³ sabre "fazer o aluno aprender", partindo da noção de que ele é a comprovação da aprendizagem bem-sucedida. Somente faz o aluno aprender o professor que aprende. Pesquisa é, pois, sua razão acadêmica de ser. A aprendizagem adequada é aquela efetivada dentro do processo de pesquisa do professor, no qual ambos - professor e aluno - aprendem, se sabem pensar e aprendem a aprender. A rigor, não...
tracking img