Perdas e danos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO: O CASO DOS EXPLORADORES DE CAVERNAS”
SUMÁRIO
1. Resumo.....................................................................................................................01
2. Personagens.............................................................................................................01
3. Argumentos docaso................................................................................................02
4. Minha Posição..........................................................................................................04
5. Meus argumentos....................................................................................................04

O Caso dos Exploradores de Caverna
Lon L. Fuller
1-Resumo
Cinco integrantes de uma organizaçãoamadorística de exploradores de cavernas, ficam presos ao fazerem uma escavação em que ocorre um desmoronamento.
No momento que tentaram ser resgatados, acontece outro desabamento e dez operários, contratados para resgatá-los, morrem soterrados.
Quando ficaram sem mantimentos fizeram um acordo entre si: quem perdesse na sorte, entre os cinco, teria sua vida tirada para servir de alimento para osdemais, para que não morressem de inanição, acordo sugerido por Roger Whetmore.
Ao serem resgatados, descobriu-se que Roger Whetmore fora morto e servira de alimento aos outros exploradores.
Os sobreviventes são processados e condenados a morte pela forca, pelo assassinato de Roger. Os acusados recorrem da decisão. Foram julgados então por mais quatro juízes, que expuseram seus argumentos, deramdois votos a favor da absolvição(Foster e Handy), um os condenou(Keen) e outro se recusou a participar da decisão do caso(Tatting), contando com o voto do presidente do Tribunal de Primeira Instância(Truepenny), dá-se o empate e a sentença condenatória foi confirmada. Os acusados foram mortos na forca.

2-Personagens :
•Roger Whetmore
•Os quatro exploradores
•Presidente do Tribunal Truepenny•Juiz Foster
•Juiz Tatting
•Juiz Keen
•Juiz Handy
Argumentos do Caso:
Foster, J. –
•O juiz Foster tem uma visão mais voltada ao “senso comum”, julgando
os acusados de forma que, tendo em vista o trauma que já sofreram na caverna, são inocentes. Impõe a idéia de que os acusados estavam fora de uma abrangência territorial por estarem presos na caverna, e encontravam-se não em um “estado desociedade civil”, mas em um “estado natural” e que a lei que deve ser-lhes aplicada não era a civil, mas a lei natural.
•Expõe a idéia de que os acusados fizeram um contrato que servia de lei dentro da caverna e, primeiramente aceito pela própria vítima, que em relação a esse contrato não cometeram crime algum, a idéia de que não era justo que dez vidas de trabalhadores, que morreram ao tentaremresgatar os cinco indivíduos presos na caverna, tenham sido em vão. Assim ele encerra o primeiro fundamento de seu voto.
•O juiz Foster começa o segundo fundamento, argumentando de forma que cita casos passados em que houve modificação da letra da lei sem a violação da mesma, ele critica a aplicação da lei da legítima defesa e deixa a entender que o caso entraria em um caso de jurisprudência, emque os acusados só mataram Roger para sobreviverem.
Tatting, J. –
• Tatting critica o juiz Foster, seus posicionamentos, como no caso em que se encontravam inseridos em um “estado de natureza”, ele questiona o momento em que isso ocorre, e questiona se foi quando a pedra os aprisionou ou quando a ameaça de inanição atingiu um grau elevado.
•Ele expõe que se quando os acusados se lançaramsobre Whetmore, para tirar-lhe a vida, ele escondesse em sua roupa um revólver e matasse os acusados, não poderia usar-se da excludente da legítima defesa porque ele estaria quebrando o contrato contraído na caverna, pois eles estariam agindo legalmente, como que um condenado não pode abater seu verdugo enquanto ele vai por a corda em seu pescoço,se esse é condenado pela lei a morte.
•Tatting...
tracking img