Pedofilia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
E.E. Jose Marcato

Professor(a): Danilo e Laureci
Disciplina: Apoio de Língua portuguesa e Língua portuguesa
Publico Alvo: Professores
Trabalho de Conclusão de Curso

Pedofilia: da fantasia ao comportamento sexual violento

Artigo aborda a pedofilia, características comportamentais e psicológicas de agressores sexuais, comparativo entre molestadores situacionais e preferenciais, entreoutros.

Professores: Danilo/ Laureci
Professor Orientador: Danilo

Componentes do Grupo:
Cássia Brito Damasceno Nº10
João Luiz Nº24
Rafael Ambrósio Nº30

Jose Marcato
Diadema-SP 2011

Pedofilia: da fantasia aocomportamento sexual violento

RESUMO

O objetivo deste trabalho é informar e investigar o que leva um ser humano ter este tipo de transtornos. O espectro dos transtornos sexuais compreende um padrão comportamental constituído desde os atos bizarros quanto à expressão da mais extrema forma de violência sexual, o estupro seguido de homicídio, se configurando assim, como crimes sexuais. Por istoeste trabalho tenta nos ajudar e saber o mais o que se passa na mente de uma pessoa que sofre deste problema psicológicos, por meios de fundamentos teóricos e também analise pratica.

Introdução:
Problemas e Justificativas praticas

Problema

O Abuso Sexual que esta cada vez mais perto de nos, muitas vezez vem de nossos próprios familiares ,as pessoas que mais confiamos.

JustificativasPraticas

Esse padrão de comportamento sexual inadequado ou desviante caracteriza segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais – DSM-IV (American Psychiatric Association, 1994), as parafilias (do grego para => ao lado de, oposição + philos = amante, atraído por).
Tanto no DSM-IV quanto na CID-10 (Classificação Internacional de Doenças Organização Mundial da Saúde, 1993), asparafilias (fetichismo, transvestismo fetichista, exibicionismo, voyeurismo, necrofilia, pedofilia, etc.), se configuram como uma sexualidade caracterizada por impulsos sexuais intensos e recorrentes, modulados por fantasias e manifestação de comportamentos não convencionais, provocando alterações desfavoráveis na vida familiar, ocupacional e social da pessoa por ser um padrão de comportamentocaracterizado pela repetição como um quadro compulsivo. As fantasias geralmente compreendem desejos sexuais ou comportamentos recorrentes, intensos e sexualmente excitantes, podendo envolver objetos não-humanos, sofrimento ou humilhação próprios ou do parceiro, crianças ou outras pessoas sem o seu consentimento (MYERS e BLASHFIELD, 1997).
MEYER (1999) ressalta que o fato de uma pessoa apresentarpreferências por determinadas partes do corpo, objetos e acessórios, não representa necessariamente uma parafilia, e em muitos não há riscos para condutas sexuais criminosas.

Justificativa teórica

O pedofilo tem essas seguintes características:

1. Caráter opressor, com perda de liberdade de opções e alternativas. O parafílico não consegue deixar de atuar dessa maneira.
2. Caráter rígido,significando que a excitação sexual só se consegue em determinadas situações e circunstâncias estabelecidas pelo padrão da conduta parafílica.
3. Caráter impulsivo, que se reflete na necessidade imperiosa de repetição da experiência.

Os aspectos acima evidenciam a marcante presença de um quadro compulsivo. A dificuldade no controle da expressão dessa compulsão se apresenta como o fator demaior vulnerabilidade para a ocorrência de condutas criminosas com abrangência médico-legal (DIETZ, et al., 1990). Outros fatores como nível alto de testosterona, incapacidade em manter relação conjugal estável, traumatismo crânio encefálico, retardo mental, psicoses, abuso de álcool e substâncias psicoativas, reincidência de crimes sexuais e transtornos da personalidade, representam também, um...
tracking img