Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PEDAGOGIA> OLHARES SOBRE A EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL> 2º 01 NOITE 1> Memória e Cultura Afro-Brasileira [Virtual]
Atividade
Descrição :
Memória e Cultura Afro-Brasileira [Virtual]Assista ao documentário “O Povo Brasileiro” baseado na obra do sociólogo e antropólogo Darcy Ribeiro. Elabore uma síntese do mesmo e envie como tarefa pelo SIGA.
O Povo Brasileiro - Darcy Ribeiro
OPovo Brasileiro é uma recriação da narrativa de Darcy Ribeiro, e discute a nossa formação, nossa origem mestiça e a singularidade do ecletismo cultural que dela resultou. Um material fantástico paraquem esteja interessado a conhecer o nosso Brasil.
O documentário inicia afirmando: “ninguém sabe o que será do mundo daqui a 50 anos e o mesmo será totalmente diferente do que é hoje, o mundo éuma reinvenção do mundo que o desenvolvimento esta fazendo, e cabe a nos refazê-lo diferente”. O mesmo cita que o nome Brasil não vem do Pau Brasil, vem da ilha Brasil, onde os portugueses mandaramlavrar em cartório que tinha descoberto em 1500. Porém o Brasil já preexistia biologicamente, fisicamente e humanamente onde existia a humanidade indígena, humanidade diferente, de uma gente queagradecia a Deus pelo mundo ser tão bonito, que existia para gozar a vida, a finalidade da vida para eles era viver. Esses povos chegaram a conhecer a natureza em detalhes, sabiam o nome de cada bichinho decada planta, e sabiam para que serviam ou não. Cada coisa que o índio fazia ele queria que fosse perfeita, por que ela o retrata. Todos os povos tem dentro de si uma identificação intima umaconvicção do que ele é. É essa convicção que faz dos índios, índios,os sertanejos, sertanejos, o negro, negro e assim por diante. Diante de tudo o que herdamos dos índios a herança mais magnífica é a certezade que um povo pode viver magnificamente integrado a natureza, numa trama secreta de coexistência pacifica e amistosa. A parte mais triste e verdadeira nesse capitulo é quando o narrador fala no...
tracking img