Pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera Pólo Brigadeiro – São Paulo - SP
Disciplina: Pedagogia
Tutor presencial: Daniel Aguiar
Tutor à distância: Adalgisa Bergamin Diples



Desafio de Aprendizagem: A construção histórico-filosófica do conceito de infância



Alunos:
Ciliara A. do Nascimento Ra nº 2308320465Maria Eunice Silva Valero Ra nº 2330434555

Nara Vicentina Santareno De Morais Ra nº 2330431102

Sonia Bueno Machado Monteiro Ra nº 2320371874
Victor Manuel de Jesus Pires Ra nº 2349475200São Paulo – SP
2011
AUTORES:

Ciliara A. do Nascimento Ra nº 2308320465

Maria Eunice Silva ValeroRa nº 2330434555

Nara Vicentina Santareno De Morais Ra nº 2330431102

Sonia Bueno Machado Monteiro Ra nº 2320371874
Victor Manuel de Jesus Pires Ra nº 2349475200

TÍTULO: A construção histórico-filosófica doconceito de infância.

Desafio de aprendizagem da Disciplina de Fundamentos Filosóficos da Educação do Curso de Pedagogia da Universidade Anhaguera-Uniderp - Pólo Brigadeiro

São Paulo/SP
2011

Resumo:
A apresentação deste tema discute os vários rostos da infância e sua respectiva forma de educação, analisando os diferentes olhares para a infância ao longo do tempo. Os diversos modelosde vida, da educação da criança através das gerações no âmbito familiar, com reflexões sobre a infância ao longo de um processo de transformação social, político e econômico.
Essa discussão nos remete à necessidade de pesquisas na área, que possam aprofundar e elucidar as questões da infância e as suas transformações. Principalmente quando diz respeito às concepções da condição da criançaenquanto ser social, sujeito ativo, uma criança concreta que ocupa um lugar na história através de relações sociais, que se estruturam a cada dia. Dessa forma, pensar a criança na história significa considerá-la como sujeito histórico, e isso requer compreender o que se entende por sujeito histórico.
Para tanto, é importante perceber que as crianças concretas, na sua materialidade, no seu nascer, noseu viver ou morrer, expressam a inevitabilidade da história e nela se fazem presentes, nos seus mais diferentes momentos.

Palavras chave: Educação, formação da identidade da criança e Contexto social.

Introdução:
Desde os primórdios a criança vem ocupando um papel que não condiz com seu nível de desenvolvimento físico, mental, psicológico, emocional e muitas vezes com o passar do tempo, podeacarretar-lhe danos em sua vida.
Houve tempos em que não era dada a devida importância a infância, tempos estes em que a criança era misturada aos adultos, desenvolvendo trabalhos que competiam somente aos adultos. Á infância não existia, as crianças eram vistas como adultos em miniatura, desempenhando os mais diversos tipos de trabalho, como na roça, cuidados com os animais, afazeresdomésticos entre outros.
Com o passar do tempo a criança foi ganhando um espaço maior, um espaço só seu, a maneira de como a criança é vista hoje, é conseqüência de muita transformação ao longo da história.
A partir do momento que houve a consciência sobre a importância da infância, foram criadas, várias políticas e programas que visavam promover e ampliar as condições necessárias para inserir a...
tracking img