Papel da enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2822 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O PAPEL PRÓPRIO OU AUTÓNOMO DO ENFERMEIRO
Maria Irene da Paz Valente
Professora Coordenadora da Escola Superior de Saúde
do Instituto Politécnico da Guarda
Neste século XXI a robótica cada vez mais alicia a Medicina alopática para curar ou eliminar sintomas. Assim, torna-se fundamental que a Enfermagem passe a valorar o seu Papel Próprio e através duma visão Transpessoal da Enfermagemajude o paciente a um maior Auto-conhecimento que lhe permita compreender a sua responsabilidade, no processo de desequilíbrio orgânico de que se queixa, e nesta sequência compreender que o poder de cura está dentro de si, através da sua transformação interna.
Isto faz parte do Papel Próprio do Enfermeiro e se este não o fizer, ninguém o fará por ele, com prejuízo evidente para o paciente.
Quandoo paciente compreender que é o responsável pelo seu desequilíbrio, vai querer aprender como através do seu livre arbítrio, pode restaurar a saúde.
Claro que os tratamentos e medicamentos podem ajudar numa primeira fase, mas é através do reequilíbrio das suas emoções e pensamentos que a cura definitiva se vai operar. Aliás em artigos anteriores já fiz referência a Formas de Pensamento/Emoções ecomo estas actuam através do nosso corpo. Então o Papel Próprio do Enfermeiro é ensinar o paciente como através de Formas Pensamento/Emoções negativas gera elementais negativos, que acabam por ficar acoplados à sua aura (corpo energético ou vital), originando um quadro obsessor que progressivamente vai densificando a sua energia, ou seja, vai desequilibrando cada vez mais o indivíduo, até que adoença se manifeste no corpo físico. Isto é o culminar máximo do desequilíbrio energético do ser humano. Este processo pode facilmente observar-se como a molécula de água reage às palavras e emoções, como apresentei no artigo sobre “Enfermagem numa visão Interpessoal” anteriormente publicado. Como 60 a 70% do corpo humano é água facilmente se compreende como este processo energético rapidamente semanifesta no físico, através do veiculo aquoso do organismo humano.
Com este artigo quero ir mais longe e evidenciar que não é só a água do nosso organismo que reage às emoções e pensamentos, mas igualmente o nosso ADN.
Para o efeito nada melhor que reflectirmos sobre algumas experiências científicas realizadas recentemente.
As três experiências seguintes sobre o ADN, foram apresentadas porGregg Braden em seu programa intitulado: Curando corações/ curando nações: a Cura da Paz e o Poder das Orações.
1ª Experiência:
Esta experiência foi realizada pelo Dr. Vladimir Poponin, um biólogo quântico. Nesta experiência começou-se por esvaziar um recipiente (criando-se vácuo no seu interior). O único elemento deixado dentro do recipiente era constituído por fotões e descobriu-se queestavam distribuídos aleatoriamente no interior do recipiente. Este era o resultado esperado.
Então foi colocado dentro do recipiente uma amostra de ADN e a localização dos fotões foi medida novamente. Desta vez os fotões tinham-se organizado em linha com o ADN, por outras palavras, o ADN físico produziu um efeito nos fotões não físicos.
De seguida a amostra de ADN foi removida do recipiente e adistribuição dos fotões foi medida novamente. Os fotões permaneceram alinhados onde tinha estado o ADN. A que estão conectadas as partículas de luz? O investigador aceita a possibilidade de existir um novo campo de energia e que o ADN se comunica com os fotões por meio desse campo.
2ª Experiência:
Esta experiência foi levada a cabo por militares. Foram recolhidas amostras de leucócitos de umnúmero de dadores e colocadas num local equipado com um aparelho de medição das mudanças eléctricas. Nesta experiência o dador era submetido a estímulos emocionais provenientes de vídeo-clips, num local diferente do que se encontrava o ADN, mas no mesmo edifício.
Ambos, dador e seu DNA, eram monitorizados, e quando o dador mostrava seus altos e baixos emocionais (medidas em ondas eléctricas), o...
tracking img