Paolo grossi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4484 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FILOSOFIA DO DIREITO NA IDADE MODERNA







SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ................................................................................................. p. 4
2. O RENASCIMENTO ........................................................................................ p. 5
2.1 NICOLAU MAQUIAVEL .............................................................................. p.6
2.2 JEAN BODIN ...................................................................................................p. 7
2.3 HUGO GRÓCIO ...............................................................................................p. 8
3. A ESCOLA CLÁSSICA DO DIREITO NATURAL .........................................p. 9
3.1 THOMAS HOBBES.........................................................................................p. 9
3.2 JOHN LOCKE ................................................................................................. p. 10
3.3 JEAN JACQUES ROUSSEAU ........................................................................p. 11
4. O DIREITO RACIONAL DE KANT ................................................................p. 12
5 . O IDEALISMO ALEMÃO E AFILOSOFIA DE HEGEL ..............................p. 13
6 . CONCLUSÃO ...................................................................................................p. 16
7 . REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ..............................................................p. 17


















1. INTRODUÇÃO

A filosofia do Direito na Idade Moderna é marcada pela Renascença,importante fato histórico que ocorreu devido à necessidade de mudança e revisão do pensamento vigente na Idade Média. É caracterizada pelo resgate da filosofia. A razão será utilizada pelo homem como fonte principal pela busca da verdade, contrariando o dogmatismo do período anterior. Os filósofos criam um pensamento dominante, e passam a ver o ser humano como possuidor de direitos e não apenas dedeveres.
Em outras palavras a nova forma de pensar, possibilitou uma razão crítica da realidade. Além disso, outro fator importante da nova corrente é que o Direito deixa de ser divino e passa a ser um Direito Natural, baseado no homem e por ele pensado, discutido e praticado.
No decorrer do presente trabalho, serão apresentadas também, as características e opiniões acerca daciência jurídica dos filósofos e pensadores que fizeram parte do período que compreende a Idade Moderna.

































2. O RENASCIMENTO
Durante os séculos XV e XVI intensificou-se, na Europa, a produção artística e científica. Esse período ficou conhecido como Renascimento ou Renascença. O Renascimento foi uma nova visão de mundoestimulada pela burguesia em ascensão. Suas principais características eram o racionalismo (em oposição à fé), o antropocentrismo (em oposição ao teocentrismo) e o individualismo (em oposição ao coletivismo cristão). No período histórico que se inicia com a descoberta do caminho marítimo para a Índia, em 1498, e se estende ao desenvolvimento da Revolução Francesa, em 1798 – Idade Moderna -,destacam-se, na História da Filosofia do Direito, as doutrinas da Escola Clássica do Direito Natural e o Idealismo Alemão de Kant e Hegel. Pelo interesse no estudo da antiga cultura grega romana. Importantes acontecimentos provocaram a inquietação nos homens. O mundo já não era o mesmo. Nicolau Copérnico havia demonstrado que a Terra não era o centro do Universo, conforme proclamava o sistema ptolomaico.No âmbito do pensamento religioso, Martinho Lutero deflagrara a Reforma. Com a queda do Império Romano no Oriente, intelectuais gregos emigraram para o Ocidente e se concentraram principalmente na Itália, dedicando-se ao ensino de sua língua natal e à tradução, para o latim, dos autores clássicos da Hélade. A invenção da imprensa favoreceu a difusão do velho-novo pensamento. Como as idéias...
tracking img