Pantanal matogrossense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1414 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Relevo do Pantanal
A Planície do Pantanal ou Depressão Pantaneira ou simplesmente Pantanal possui altitudes que variam, em média, de 100 a 200 metros. Trata-se de um prolongamento, para o norte, da Planície do Chaco (Paraguai). Apresenta-se deprimida, circundada por cuestas e formações soerguidas.
As partes mais elevadas, que não sofrem inundações, recebem o nome de "Cordilheiras", as partesmais baixas, sujeitas à inundações, recebem nome de "Baías ou Largos" (onde são encontradas as Lagoas Xaraiés). Rompendo com a monotonia do relevo, aparecem morros isolados, como é o caso do Maciço do Urucum, nas proximidades da cidade de Corumbá. Foram identificados vários padrões de Pantanais, com aspectos estruturais, pedológicos, morfológicos, hidrológicos e de cobertura vegetal.
A paisagem éformada por feições bastante peculiares e de denominação tipicamente regional:
• as "baías" são lagoas temporárias ou permanentes, de dimensões e formas variadas, muito frequentes no Pantanal da Nhecolândia;
• as "cordilheiras" são elevações arenosas, estreitas e alongadas, cobertas de vegetação de cerrado com altura de até dois metros;
• as "vazantes" são escoadouros naturais da água na épocadas enchentes, com características de curso fluvial intermitente, com vários quilômetros de extensão.
• os "corixos" são pequenos cursos fluviais perenes, de leito próprio, que ligam "baías" contíguas.
Hidrografia do Pantanal
Hidrograficamente, todo o Pantanal faz parte da bacia do rio Paraguai. Com 1.400 Km de extensão em território brasileiro, esse rio e seus afluentes: São Lourenço (670 Km),Cuiabá (650 Km), ao norte; Miranda (490 Km), Taquari (480 Km), Coxim (280 Km), Aquidauana (565 Km), ao sul, assim como rios de menores extensões - Nabileque, Apa e Negro, formam a trama hidrográfica de todo complexo pantaneiro (são cerca de 175 rios que formam a bacia do rio Paraguai). Mas esse sistema não é constituído apenas de rios. O Pantanal é uma imensa planície de áreas alagáveis.
Aocontrário dos brejos, as águas do Pantanal estão em constante movimento, variando com as épocas (cheia e de seca). Quatro fatores influenciam na formação dos pântanos de água corrente: a geografia, o solo, o elevado número de rios (175) e as formações que o circundam. O Pantanal é uma região plana, com altitudes que não vão além dos 200 m acima do nível do mar. A declividade, quase nula, de 6 a 12 cm/Kmno sentido leste-oeste e de 1 a 2 cm/km no sentido norte-sul, favorece as inundações que propagam-se de norte para o sul e de leste para o oeste, ao longo do Rio Paraguai, único escoadouro do Pantanal.
Circundado pelo Planalto Brasileiro (a leste) e, mais ao longe, pela Cordilheira dos Andes (a oeste), estas regiões acabam vertendo suas águas para o Pantanal nas épocas de cheia ou degelo. Estefenômeno geográfico acaba sendo responsável pela formação de um solo rico em argila, que impede a absorção da água.
Quando do período das cheias justifica a lenda sobre sua origem, que seria um imenso mar interior - o mar de Xaraés. Esse complexo hidrográfico, compreende ainda incontáveis "baías" - lagos - das mais variadas superfícies, interligadas ou não pelos corixos e vazantes - pequenos riosperenes ou periódicos. Nas enchentes de rio ou de chuva ocorre uma extraordinária interligação entre rios, braços, baías. As águas, enfim, tornam-se uma só: o Mar de Xaraés. Na vazante, enriquecida pelo húmus, a região transforma-se na maior e mais rica concentração de alimentos naturais que irá sustentar toda sua flora e fauna. É o período que verdejam as mais extensas e vigorosas pastagens domundo.
GEOLOGIA DO PANTANAL
A vasta abóbada de escudo existente até o Cretáceo comportou-se depois como anticlinal esvaziada, de grande amplitude regional. Isto teria acontecido porque durante o soerguimento pós-cretácico de conjunto teriam ocorrido nela falhamentos importantes facilitando seu desventramento.
Hoje o Pantanal Matogrossense se caracteriza por extensas planícies de acumulação,...
tracking img