Panaroma de uma revolta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PANAROMA DE UMA REVOLTA

Giorgina Ferreira Alves
Resumo
Neste artigo procuro trazer para a discussão algumas questões ligadas a um evento que teve bastante significado em vários aspectos, evento esse que marcou a era da República brasileira no despertar do século XX: a Revolta da Vacina, ocorrida no ano de 1904 na cidade do Rio de Janeiro. Uma das questões abordadas é a participaçãoem massa da população, e como se deu o desencadeamento dessa revolta, além de levantar a questão dos degredos e deportações dos manifestantes para o Acre. Essa atitude além de ser uma forma de punição também foi uma maneira que o governo encontrou para evitar que novos tumultos, novos motins fossem instaurados, ao mesmo tempo fazia transparecer que a cidade do Rio de Janeiro tinha restaurado a“ordem”. Esse período corresponde ao inicio da historia republicana no Brasil e foi marcado por vários tumultos, esses não aconteceram somente na cidade do Rio de Janeiro, mas em outros lugares diferentes do país. É nesse contexto de insatisfação da população e de grandes problemas acarretados pela falta de saneamento básico e de higiene que se encontrava a cidade do Rio de Janeiro.PALAVRAS-CHAVE: Rio de Janeiro; Modernização; Saneamento; Revolta da Vacina; Degredo.

Introdução
Recordamos que a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, na passagem do século XIX para o século XX, era ainda uma cidade em desenvolvimento e mal vista pelos estrangeiros. As ruas estreitas e sujas, com amontoado de cortiços, o saneamento precário e principalmente o foco de doenças como febreamarela, varíola, tuberculose e a peste bubônica assustavam os visitantes, que não mais queriam ter vínculo com a cidade e seus moradores, pois tinham medo de serem a próxima vitima de tais doenças. O comércio de forma geral sofreu um forte impacto, pois os navios estrangeiros faziam questão de anunciar que não parariam no porto da cidade, visto que os imigrantes recém-chegados da Europa morriam emgrande quantidade e na maioria das vezes essas mortes estavam relacionadas às doenças infecto contagiosas. A não ancoragem dos navios no porto da cidade representava um grande problema, pois a economia do Rio de Janeiro apresentava sinal negativo comprometendo ainda mais a situação da cidade.
O Rio de Janeiro no inicio do século XX, para ser mais precisa nos últimos semestres do ano de 1904 foibombardeado por uma Revolta denominada Revolta da Vacina, essa acarretou inúmeros impactos de ordens sociais com diferentes significados para os grupos sociais envolvidos, dentre esses estão os militares de baixa patente, trabalhadores portuários, desempregados, prostitutas, capoeiristas, ambulantes, domesticas e negros, todos compondo a baixa camada da sociedade, por outro ângulo temos osignificado da Revolta para os grupos dos empresários, dos políticos, da elite de forma geral, que queria de qualquer maneira limpar a cidade do Rio de Janeiro e colocá-la, nos moldes de Paris, para isso era preciso banir os cortiços e ao mesmo tempo tirar da circulação urbana todos aqueles pertencentes à baixa camada, segundo a visão do prefeito Pereira Passos, os pobres estavam diretamente associado àsujeira, essa por sua vez desencadeava os focos de doenças que atravancavam o progresso da cidade. Apesar da Revolta da Vacina ter tido a participação da população, essa não era contra a vacina em si, até porque essa prevenção poderia evitar a morte, mas sim contra a forma como foi imposta a vacinação.

Rio de Janeiro Século XX
No início do século XX, a cidade do Rio de Janeiro era a capital doBrasil, essa apresentava um crescimento desordenado, onde a falta de planejamento desencadeava sérios problemas sociais. Grande parte da população concentrava-se no centro da cidade em pequenos aglomerados denominados de cortiços, esses eram mal iluminados e pouco arejados. Em sua maioria os ocupantes desses cortiços eram trabalhaodores braçais, que não possuiam instrução e nem qualificação...
tracking img