Paineis evaporativos.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 67 (16637 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MANUAL DO VIVEIRO

Frutícolas
Raul Manuel de Albuquerque Sardinha

Projecto de Desenvolvimento dos Recursos Naturais
Município da Ecunha, Província do Huambo
(CE-FOOD/2006/130444)

FICHA TÉCNICA
Coordenação e Autoria do Estudo
Raul Manuel de Albuquerque Sardinha
Revisão
Instituto Marquês de Valle Flôr
(Diogo Ferreira, Gonçalo Marques e Rita Caetano)
Composição e Edição
InstitutoMarquês de Valle Flôr
Concepção Gráfica
Matrioska Design, Lda
Impressão e Acabamento
Europam, Lda
Co-Financiamento
Comissão Europeia
Depósito Legal

Tiragem

1

2

Índice
ÍNDICE DE QUADROS, FIGURAS E MAPAS

5

PREFÁCIO

7

I. PROPAGAÇÃO VEGETATIVA COM PARTICULAR
REFERÊNCIA ÀS FRUTEIRAS
1. Factores que afectam a selecção de fruteiras
para plantação
1.1 Solo
1.2 Clima1.3 Água
2. Material de plantação
3. Mercado
4. O Viveiro frutícola
4.1 Selecção das regiões e locais eleitos
4.2 Zona de propagação de plantas
4.3 Planeamento
5. Plantas base de propagação
6. Gestão da colecção de plantas mãe
6.1 Poda das fruteiras base
6 .2 Rega da colecção base
6.3 Nutrição da colecção de fruteiras base
6.4 Manutenção da colecção base
6.5 Substratos para apropagação
7. Ferramentas do viveiro
8. Problemas comuns nos viveiros
9. Gestão do viveiro
9.1 Problemas comuns num viveiro de produção
de fruteiras
9.2 Timing
9.3 Retroacção

9
9
9
9
9
10
10
10
10
10
11
11
12
12
12
12
12
13
13
13
14

10. Propagação de fruteiras
10.1 Propagação vegetativa
11. Pragas e doenças
12. Enxertias
12.1 Breve referência aos calendários.
Aescolha dos garfos
12.2 Técnicas de enxertia
12.3 Material de enxertia
13. Mergulhia
13.1 Factores que afectam a regeneração de plantas
por mergulhia
13.2 Condicionamento fisiológico
13.3 Exemplo de alguns procedimentos
14. Rotinas gerais de gestão do viveiro

15
15
28
28
29
29
33
33
34
35
35
36

14
15
15
3

II. RECOMENDAÇÕES DE FRUTEIRAS MAIS APTAS
PARA O MUNICÍPIO DEECUNHA
1 Café arábica (Coffea Arabica L.)
1.1 Exigências edáficas
1.2 Zonas de distribuição cultural
1.3 Zonas ecologicamente mais favoráveis
2. Citrinos (Citrus spp.)
2.1 Exigências climáticas
2.2 Exigências edáficas
2.3 Zonas de exploração cultural
2.4 Zonas mais favoráveis à cultura
3. Goiabeira (Psidium guajava L.)
3.1 Exigências climáticas
3.2 Exigências edáficas
3.3 Zonas dedistribuição cultural
3.4 Zonas mais favoráveis à cultura
4. Maracujá (Passiflora edulis Sims)
4.1 Exigências edáficas
4.2 Zonas de distribuição cultural
4.3 Zonas mais favoráveis à cultura
5. Fruteiras das regiões temperadas

37
37
37
38
38
39
39
39
39
39
40
40
40
40
40
41
41
42
42
43

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

44

Anexo I - Algumas misturas para o fabrico desubstratos
para os viveiros de plantas frutícolas
45

4

Índice

quadros, figuras e mapas

FIGURAS
1. Esquema mostrando as relações entre a colecção
base de fruteiras classificadas e a sua distribuição
e manutenção
2. Estacas para plantação
3. Ciclo de produção de fruteiras
4. Modelo do ciclo de vida clonal
5. Enxertia
6. Emergência de raízes adventícias
7. Estacas preparadas a partirdos lançamentos
8. Preparação de estacas com uma serra mecânica
9. Preparação das estacas a partir de um lançamento
retirado da árvore-mãe
10. Tipos de estacas lenhosas
11. Fenda na base da estaca antes do tratamento
com auxina
12. Esquematização das etapas de enraizamento
de estacas lenhosas
13. Esquema indicativo dos lançamentos
14. Efeito da polaridade do rebento de enxertia
15.Efeito da polaridade da estaca utilizada
16. Raiz deformada de uma fruteira plantada
com sistema radicular
17. Etapas básicas de execução de uma enxertia
de borbulha
18. Enxertia de fenda simples
19. Enxertia de fenda dupla
20. Enxertia de fenda vazada ou incrustação
21. Esquema de execução da enxertia inglesa

12
15
17
18
18
18
20
20
20
21

22. Procedimentos para a enxertia...
tracking img