Ovinocultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1682 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]















TRABALHO DE OVINUS










MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA
FARROUPILHA – CAPUS SÃO VICENTE DO SUL






CURSO TÉCNICO EM AGRICULTUTA




DISCIPLINA DE NOCÕES ZOOTÉCNICAS





ALUNO: GABRIEL ELIAS DUMKE
TIANDRA DA ROSAMAIKI JOSE ALVES
VITOR RUMPEL










SÃO VICENTE DO SUL
2013


Hampshire Down

ORIGEM - A raça Hampshire Down teve como berço os condados de Wilts, Hants e Dorset, no sul da Inglaterra, região bastante fertil e levemente ondulada, conhecida popularmente como West Downs.

Os seus ancestrais eram ovinos primitivos que pertenciam a duas raças: Wiltshire e BerkshireKnots. Os Wiltshire eram grandes, com cara e patas sem lã e com chifres recurvados para trás, os Berkshire Knots possuíam a cara e as patas negras. Ambas apresentavam animais de corpo estreito, com pernas longas, prolíferos, rústicos, mas com pouca cobertura muscular. Procurando melhorar a aptidão carniceira destes ovinos, os criadores aperfeiçoaram o sistema de alimentação e iniciaram oscruzamentos com a raça Southdown, que foi introduzida nos rebanhos Wiltshire e Berkshire no início do século XIX. A partir de 1845 o conceito de precocidade, qualidade e engorde modificou o sistema de criação, iniciando o aperfeiçoamento desta raça, cujo principal cultor na época foi Mr. Wm. Humphries, que conseguiu fixar um tipo bastante uniforme mediante o emprego de consanguinidade. Em 1889 foi criadana Inglaterra a "HAMPSHIRE DOWN SHEEP BREDERS ASSOCIATION", com sede em Salisbury, e em 1890 editou-se o primeiro Flock Book do Hampshire Down.

ASPECTO GERAL - Ovino de tamanho grande, conformação harmoniosa e constituição robusta, compacto e musculoso, evidenciando a primeira vista grande definição racial e sua especialização como produtor de carne. É um animal que denota vivacidade,agilidade e desembaraço.

CABEÇA - Grande e larga, mas não tosca. Mocha em ambos os sexos. Deve evidenciar acentuada definição sexual. A lã cobre a cabeça até um pouco abaixo dos olhos, deixando totalmente livra a cara e os lacrimais, sem jamais prejudicar a visão. A cara, as orelhas e todas as demais partes da cabeça que não forem cobertas de lã devem apresentar pelos escuros aproximando-sedo preto. O focinho, lábios e ao redor das pálpebras, devem Ter pigmentação escura com tendência ao preto. Orelhas longas e espessas, bem implantadas horizontalmente na cabeça, pontas ligeiramente arredondadas.

PESCOÇO - Forte, medianamente comprido, musculoso e bem implantado sustentando a cabeça erguida sobre a linha superior do corpo.

PALETAS - Paletas fortes, afastadas entresi formando um mesmo plano com os costilhares. Não devem apresentar saliências nem depressões em relação à linha de lombo e costilhares.

PEITO - Largo bem desenvolvido e profundo.

CORPO - Comprido profundo e simétrico, com costelas bem arqueadas. Dorso e lombo em linha reta, largos e bem cobertos de carne. Flancos cheios. As cruzes no mesmo nível do dorso e lombo. Anca ampla enivelada. Cola inserida no mesmo nível do lombo. Quartos profundos, cheios, largos e bem desenvolvidos.

MEMBROS - Comprimento relativo ao corpo, com articulações fortes e bem definidas. Bem aprumados e bem colocados em relação ao corpo. Cascos bem formados e pretos.

PELE - Flexível e de cor rosada.

VELO - Tem boas extensão, cobrindo bem o corpo, parte da cabeça e membros,até a altura dos cascos, deixando descobertos os joelhos , que são cobertos por pelos pretos. O velo é denso, mas de mechas curtas e de pouco toque.

LÃ - O diâmetro médio das fibras de lã varia entre 27 e 31 micrômetros, o que na Norma Brasileira de Classificação de Lã Suja corresponde as finuras CRUZA 1 e CRUZA 2, já tendendo para a CRUZA 3 . A lã é branca. As mechas atingem um máximo...
tracking img