Osteoporose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3328 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade De Franca

OSTEOPOROSE

Trabalho de curso apresentado como exigência
parcial, para obtenção de nota bimestral no curso
de Educação Física, da Universidade de Franca.
Prof. Daniel Gotardo

David Costa Soares

FRANCA – SP
2011

- Introdução
Osteoporose é uma doença esquelética sistêmica caracterizada por baixa massa óssea e alteração da microarquitetura, levando a umaumento da fragilidade óssea e, conseqüentemente, do risco de fratura.

Osteoporose Normal
- Fisiopatologia
A massa óssea aumenta durante a infância e principalmente adolescência, atingindo seu pico em torno dos 25 anos na mulher e 30 a 35 anos no homem.
Após a parada do crescimento ósseo, a formação e a reabsorção ocorrem na mesmaproporção, em um processo denominado de remodelação óssea.
Com o avanço da idade cronológica, a formação óssea torna-se menor que a reabsorção, levando a uma perda de massa óssea em torno de 1% ao ano. A quantidade de osso presente no adulto é proporcional ao pico de massa óssea atingida.
Na osteoporose pós-menopausa (desencadeada pelo hipoestrogenismo), a reabsorção óssea se manifesta mais precocementenas regiões ricas em osso trabecular, levando à fratura na região distal do radio e colapso central das vértebras dorsais e lombares.
A redução do osso cortical se manifesta mais tardiamente e caracteriza-se por fratura de colo de fêmur e colapso em cunha das vértebras.

- Epidemiologia
A osteoporose é um problema de saúde pública mundial cuja importância e cujo impacto vêm crescendo nasúltimas décadas. Graças aos avanços da medicina, as pessoas estão atingindo idades mais avançadas e, desta forma, a maioria das populações está envelhecendo. Uma pesquisa realizada na Comunidade Européia estima que até o ano 2040 o número de idosos irá dobrar nesse continente e, em conseqüência, o número de fraturas devidas à osteoporose irá aumentar entre 50% e 300%.
A osteoporose atualmente afeta maisde 75 milhões de pessoas na Europa, Japão e os Estados Unidos, com um risco estimado de fraturas ao redor 15%. Dados norte-americanos mostram que as fraturas devido à osteoporose são mais graves, letais em 12 a 20% dos casos. Sabe-se que a incidência de osteoporose entre mulheres chilenas acima de 50 anos de idade é de 22%.
No Brasil, há escassez de dados referentes à população acometida pelaosteoporose. Estima-se que aproximadamente 10 milhões de brasileiros sofram com osteoporose, sendo que 2,4 milhões sofrem fraturas anualmente e destes, cerca de 200 mil morrerão em decorrência direta de suas fraturas. Calcula-se que a osteoporose afete cerca de 35% das mulheres acima de 45 anos de idade em nosso país.
Estima-se que uma em cada duas mulheres e um em cada cinco homens acima de 65anos de idade apresentarão pelo menos uma fratura relacionada à osteoporose em algum momento da vida.
Quem se encontra em maior risco de desenvolver a doença são:
* Mulheres;
* Fumantes;
* Consumidores de álcool ou café em excesso;
* Diabéticos;
* Atividade física inadequada, quer em excesso, quer ausência.

- Prevenção
* Fazer exercícios físicos regularmente: osexercícios resistidos são os mais recomendados;
* Dieta com alimentos ricos em cálcio (como leite e derivados), verduras (como brócolis e repolho), camarão, salmão e ostras.
* A reposição hormonal de estrógeno em mulheres durante e após o climatério consegue evitar a osteoporose.

- Atividade Física
Atividade Física corretamente orientada (por um educador físico), também é usada como parteimportante no tratamento e controle da osteoporose, podendo reduzir ou até, estabilizar a perda de massa óssea do indivíduo.
Não levar uma vida sedentária, tomar sol que ajuda na reposição de vitamina D.

- Treinamento:
A musculação bem orientada, tem um baixo risco de fraturas por queda.
O treino de força é de extrema importância para indivíduos com osteoporose, e tem benefícios como:...
tracking img