Os desenvolvimento das cidades gerando problemas ao meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3070 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os desenvolvimento das cidades gerando problemas ao meio ambiente
Os ambientes urbanos têm concentrado um número cada vez maior de pessoas. Isso, ligado ao crescimento desordenado e acelerado, tem provocado uma série de mudanças no ambiente. Cerca de 80% da população mundial vive em áreas urbanas e o desenvolvimento dessas tem acontecido de forma pouco planejada, com conflitos institucionais etecnológicos. A tendência, então, é o caos.
Nesse cenário são comuns a contaminação de mananciais superficiais e subterrâneos, por causa do saneamento inadequado, e inundações urbanas, consequentes das ocupações de áreas de risco. A drenagem mal realizada, a distribuição de material sólido de maneira imprópria, bem como os processos erosivos e assoreamento dos rios, são outros exemplos deprocessos relacionados a impactos diversificados ao longo do tempo, que causam danos à cidade.
O impacto urbano não é apenas resultado de uma determinada ação sobre o ambiente, é a relação de mudanças sociais e ecológicas em movimento. Por isso, é necessária a elaboração de um projeto urbanístico que considere diversos aspectos, de forma sustentável. A perspectiva de desenvolvimento sustentável teminfluenciado as formas planejadas de apropriação e uso do meio ambiente, de acordo com critérios de crescimento populacional e econômico, que restringem a pressão sobre o meio físico e perseguem modelos de eficiência e equidade na distribuição de recursos.
De acordo com o professor Elias Silva, no curso Técnicas de Avaliação de Impactos Ambientais, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “asustentabilidade associa-se às condições de reprodução da legitimidade das políticas e das condições de construção da base material das cidades. É preciso, para isso, que haja uma gestão que reflita efetivamente as condições sociais. A gestão correta de recursos ambientais urbanos implica uma construção social em que o Estado-governo compartilhe com a sociedade civil as responsabilidades dasdecisões e execuções”.
Análises de estruturação e desenvolvimento no espaço, em face das mudanças promovidas por fatores internos e externos, são fundamentais à compreensão da distribuição sócio-espacial dos custos e benefícios. Dessa forma, é possível amenizar efeitos causados pela má apropriação dos recursos naturais.

Poluição ambiental
O consumo desequilibrado dos recursos naturais, sem apreocupação com as futuras gerações faz com que cada país lute pela sua sobrevivência e pela prosperidade quase sem levar em consideração o impacto que causa sobre os demais. Alguns consomem os recursos da Terra a um tal ritmo que provavelmente pouco sobrará para as gerações futuras. Outros em número muito maior, consomem pouco demais e vivem na perspectiva da fome, da miséria, da doença e da morteprematura.
É possível chegar a uma nova era de crescimento econômico, fundamentada em políticas que mantenham e ampliem a base de recursos da Terra; o progresso que alguns desfrutaram no século passado pode ser vivido por todos nos próximos anos. Mas, para que isso aconteça, temos que compreender melhor os sintomas de desgaste que estão diante de nós, identificar suas causas e conceber novosmétodos de administrar os recursos ambientais e manter o desenvolvimento humano.
Para nossa surpresa, a própria pobreza polui o meio ambiente também, criando outro tipo de desgaste ambiental. Para sobreviver, os pobres e os famintos muitas vezes destroem seu próprio meio ambiente: derrubam florestas, permitem o pastoreio excessivo, exaurem as terras marginais e acorrem em número cada vez maior para ascidades já congestionadas. O efeito cumulativo dessas mudanças chega a ponto de fazer da própria pobreza um dos maiores flagelos do mundo.
Dentro de alguns países em desenvolvimento, a pobreza foi exacerbada pela distribuição desigual da terra e de outros bens. O rápido crescimento populacional prejudicou a capacidade de melhorar o padrão de vida. Esses fatores, aliados a uma necessidade cada...
tracking img