Oiii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TAVARES, Maria das Graças de Pinho. Cultura organizacional: uma abordagem antropológica da mudança. Rio de Janeiro, Quality Mark, 2002. PP. 03-28.

1. Introdução
Diálogo entre o Executivo Principal de uma empresa brasileira com o Consultor de Qualidade contratado: Consultor: — Qual o sistema de qualidade de sua empresa hoje? Executivo: — É o QMS. C: — QMS? Não Conheço. Os que conheço são 7QS,CQT, QVT. Qual é esse? E: — O nosso é Qualquer M... Serve. Este tem sido parte dos princípios que norteiam um grande número de empresas em nosso país até hoje. Atuando em mercados fortemente protegidos de concorrência, com consumidores habituados a pagar o ônus do defeito (sem direitos assegurados e nem mesmo reconhecidos), com trabalhadores portadores de baixíssimos investimentos sociais (deeducação, qualificação, saúde e direitos legais) e com uma inflação secular que mascara problemas de gerenciamento não é de estranhar que aquele seja um princípio que rege a atividade de produção dessas organizações. A infra-estrutura organizacional de contrapartida a esse conjunto de fatores ambientais é também característica: centralização nas decisões, pouca inovação, altos níveis de competição econflitos internos, pouca preocupação e pouco atendimento às questões da qualidade de vida no trabalho e condições de troca restritas (força de trabalho alienada por salário medíocre). Não é de estranhar que o produto seja de baixa qualidade, embora venha mantendo a rentabilidade da empresa. Porém as condições sociais não são perenes: o cenário está mudando. Há um futuro Instalando-se, e o que sevê são os consumidores aprendendo que estão legalmente assistidos, e não mais precisam levar o prejuízo pelo erro da produção/ou da gestão da empresa: as reservas de mercado não mais têm condições de serem mantidas, dadas as mudanças de relações nas trocas Internacionais (nem mesmo a cortina de ferro resistiu!); os sindicatos apresentam-se com outra configuração e diminui, paulatinamente, o númerode migrantes rurais desprovidos de Instrumentos culturais mínimos que aceitam os trabalhos sem qualificação. Para as empresas, as conseqüências dessas novas condições (mesmo não estando de todo Instaladas) traduzem-se em drásticas mudanças em suas relações de troca: custos elevados com ressarcimento a consumidores prejudicados ou não-satisfeitos, com refugos e remessas não-aceitas; perda de imageme credibilidade trazendo dificuldades na comercialização de seus produtos; perda de participação no mercado para concorrentes melhor ajustados às exigências atuais e futuras do ambiente de negócios. Essas conseqüências colocam em risco qualquer projeto de permanência a longo prazo. Empresas conscientes, que inovam paradigmas, reagem a esta realidade mutante de forma diferenciada. A Alta Direção,através de suas informações, vivências e contatos, identifica precocemente esses cenários em modificação. Antecipa respostas, redesenhando sua organização internamente, de forma a ajustá-la a uma nova realidade que, imperativamente, Impõe uma produtividade inovadora como fundamento para a rentabilidade, pois esta não mais virá com a permanência dos métodos passados. Mais do que inovaçãotecnológica, mesmo naqueles segmentos onde o melhoramento possa vir incorporado na máquina, é um novo modelo de gestão que se

TAVARES, Maria das Graças de Pinho. Cultura organizacional: uma abordagem antropológica da mudança. Rio de Janeiro, Quality Mark, 2002. PP. 03-28.

impõe para a conquista desta produtividade, que é a base para a permanência num ambiente de aceleração de competitividade."Atendimento às necessidades, anseios e expectativas do consumidor/cliente/usuário.” “Produção com menor custo,financeiro ou social, exigindo um trabalhador com novas qualificações/habilitações/ conhecimentos.”

Estes são os desafios atuais para as empresas, ao se configurar uma nova dinâmica na competitividade dos negócios. Impõe-se um novo modelo de gestão das relações externas e internas das...
tracking img