Oficina lingua portuguesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Assinale a alternativa errada quanto ao uso da crase.
Escolher uma resposta.
a. Maria foi à Barcelona mês passado.
b. Pedro e Maria foram à Espanha em lua de mel.
c. Todos foram à Dinamarca comer os quitutes estranhos.
d. Fui à Inglaterra em busca de um sonho.
e. João foi à França neste último natal.
Alternativa A

O uso de crase antes de expressões adverbiais delugar formadas por nomes de cidades, países, estados, deve-se verificar se estes aceitam artigo, Na alternativa A, o uso de crase não se faz presente, pois, “Barcelona” não aceita artigo.

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 2
Notas: 1
Complete os espaços com um dos nomes colocados nos parênteses.
a) Será que é ____________ essa confusão toda? (necessário/ necessária)
b)Quero que todos fiquem _____________. (alerta/ alertas)
c) Houve _________ razões para eu não voltar lá. (bastante/ bastantes)
d) Encontrei _________ a sala e os quartos. (vazia/vazios)
e) A dona do imóvel ficou ______ desiludida com o inquilino. (meio/ meia)

Escolher uma resposta.
a. a) necessário b) alerta c) bastantes d) vazia e) meio
b. a) necessário b) alertas c) bastantes d)vazia e) meios
c. a) necessária b) alerta c) bastantes d) vazia e) meio
d. a) necessária b) alertas c) bastante d) vazia e) meio
Alternativa C

Em a) necessária concorda com essa confusão; b) alerta é advérbio, portanto invariável; c) bastante é adjetivo, pois, significa suficiente, concordando com o substantivo razões; d) vazia é adjetivo e concorda com o substantivo sala; e) meioé advérbio, portanto invariável.

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 3
Notas: 1
(UNEB – BA) Assinale a alternativa em que, pluralizando-se a frase, as palavras destacadas permanecem invariáveis:

Escolher uma resposta.
a. Este é o meio mais exato para você resolver o problema: estude só.
b. Só estudei o elementar, o que me deixa meio apreensivo.
c. Meiapalavra, meio tom - índice de sua sensatez.
d. Passei muito inverno só.
e. Estava só naquela ocasião; acreditei, pois em sua meia promessa.
Alternativa B

Na alternativa “B” só e meio são advérbios, sempre permanecem invariáveis.

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 4
Notas: 1
(FUVEST) Só os roçados da morte
compensam aqui cultivar,
e cultivá-los é fácil:simples questão de plantar;
não se precisa de limpa,
de adubar nem de regar;
as estiagens e as pragas
fazem-nos mais prosperar;
e dão lucro imediato;
nem é preciso esperar
pela colheita: recebe-se
na hora mesma de semear.
(João Cabral de Melo Neto, Morte e vida severina)
Pergunta-se: O mesmo processo de formação da palavra sublinhada em “não se precisa de limpa” ocorre em:

Escolheruma resposta.
a. “jamais o cruzei a nado”.
b. “no mesmo ventre crescido”.
c. “iguais em tudo e na sina”.
d. “na minha longa descida”
e. “todo o velho contagia”
Alternativa A

Limpa e nado são substantivos deverbais, ou seja, se formam a partir de verbos.

Errado
Notas relativas a este envio: 0/1.
Question 5
Notas: 1
(PUCCAMP) A frase em que a concordâncianominal está correta é:
Escolher uma resposta.
a. Não lhe pareciam útil aquelas plantas esquisitas que ele cultivava na sua pacata e linda chácara do interior.
b. Quando foi encontrado, ele apresentava feridos a perna e o braço direitos, mas estava totalmente lúcido.
c. Eles, com ar entristecidos, dirigiram-se ao salão onde se encontravam as vítimas do acidente.
d. Esses livro ecaderno não são meus, mas poderão ser importante para a pesquisa que estou fazendo.
e. A vasta plantação e a casa grande caiados há pouco tempo era o melhor sinal de prosperidade da família.
Alternativa D.

A concordância do pronome demonstrativo “esse” está no plural por concordar com os dois núcleos pospostos “livro e caderno”

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question...
tracking img