Nr 18

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
VOT- HOSPITAL E MATERNIDADE DE SÃO FRANCISCO DA PENITÊNCIA


O.S.S.M.T.

ORDEM DE SERVIÇO SOBRE SEGURANÇA E MEDICINA DO

TRABALHO

O.S.S.M.T.-012

REV . : 003-OUT/99




ASSUNTO: Programa de Proteção Respiratória.



1-Responsabilidades .

As chefias de cada setor têm a responsabilidade de implementar o programa de proteção respiratória e juntamente com o SESMT especificar o tipo de proteção respiratória requerido, seguindo as regras contidas nesta diretriz .
A supervisão deve assegurar que todo funcionário, visitante ou contratado na sua área de controle atenda a este procedimento.
Osfuncionários tem a responsabilidade de manter seu(s) equipamento(s) de proteção respiratória em perfeita condição de limpeza, usar seu equipamento nas áreas ou atividades designadas e requisitar a reposição ou reparo quando ocorrer perda ou dano .

2-Propósito.

Assegurar que todo funcionário exposto a um potencial risco respiratório tenha proteção adequada e que seja treinado em seleção,aplicação, limitação, inspeção, manutenção e uso de cada equipamento de proteção respiratória .

3-Política.

A proteção respiratória deve ser fornecida como :



01/05
3.1.Medida provisória na dependência da instalação de controles de engenharia .

3.2.Quando medidas de engenharia não são possíveis .

3.3- Como salvaguarda em adição aos controles de engenharia.

3.4- Para uso onde possa gerargotículas contendo materiais biológicos infectantes, poeiras, gases e vapores que possam oferecer riscos à saúde.

3.5- Para trabalhar em atmosferas onde o nível de exposição não é conhecido ou há deficiência de oxigênio .

4-Seleção de respiradores.

4.1- Para a seleção adequada do respirador a ser usado, deve-se observar as condições de riscos existentes no local de trabalho.

4.2- Somenteequipamentos de proteção respiratória aprovados e selecionados pela Engenharia de Segurança poderão ser utilizados no Hospital .

4.3- O tipo de proteção respiratória deve ser especificado por escrito.

4.4- A seleção de respiradores deve ser revisada anualmente ou sempre que houver mudanças que influenciem em tal seleção.

4.5- Os usuários de respiradores com filtros químicos deverão ter aprovaçãomédica, fazer teste de adaptabilidade e assistir à treinamento específico.

4.6- Qualquer impedimento no uso de respiradores deve ser anotado no registro médico do funcionário.

4.7- Tipos de respiradores em função dos riscos:

4.7.1- Máscaras cirúrgicas .

Protegem contra gotículas infectantes que são transmitidas pelo contato íntimo pela tosse, espirro, aspiração de secreções e limpeza dematerial com fluidos biológicos .
As gotículas são partículas de 5 micra. A distância alcançada por estas partículas não ultrapassa 1 metro e não permanecem suspensas no ar. De uma forma geral, o uso desta máscara tem o objetivo principal de evitar a dispersão de microorganismos pelos funcionários durante o trato com pacientes.


Principais situações de uso:

Nas atividades do CentroCirúrgico, CTI, Maternidade, trato com pacientes com imuno-depressão ou doenças infecto-contagiosas por vias respiratórias, preparo de alimentos, e etc.


4.7.2- Máscaras descartáveis de alta eficiência (proteção P 2).


02/05

Respiradores de alta eficiência destinadas à proteger contra partículas infectantes transmitidas por via aérea, pela tosse, espirro, fala e ressuspensãode micróbios no ar, especialmente o bacilo da tuberculose e os vírus do sarampo e da varicela .
As partículas tem menos de 5 micra e são resultado da secagem ou evaporação de gotículas contendo microorganismos podendo permanecer suspensas no ar ou estar presentes em partículas de poeira por um longo tempo . A distância alcançada por estas partículas pode ser muito grande. Em geral...
tracking img