Novas geopoliticas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo

4

Neste capítulo
ƒ O Brasil como
ƒ
ƒ
ƒ
ƒ

potência regional.
A geopolítica
da Amazônia.
As desigualdades
regionais.
A ação do Estado.
A construção
de Brasília.

A geopolítica no Brasil
Potência regional?
Embora o termo potência tenha surgi­
do fortemente associado à ideia de hegemonia militar, na atualidade, o conceito
de potência está relacionado ao conjunto defatores que possibilitam a um país exercer
influência sobre os demais. Portanto, além
do poderio militar, o cenário diplomático,
a atuação estratégica dos Estados e o desen­
volvimento econômico fornecem elemen­
tos que permitem interpretar se determina­
do país cumpre os requisitos para assumir a
função de potência, seja em escala regional
ou mundial.
 

Fatores geopolíticos

Entreos fatores que sustentam o poder
geopolítico de um país, o tamanho do terri­
tório, o poder econômico e o militar são os
mais importantes para que um Estado possa
agir de maneira independente e exercer sua
influência sobre os outros Estados.
As vantagens estratégicas decorrentes da
extensão territorial devem­se ao fato de o
território congregar os recursos naturais ne­
cessários aodesenvolvimento econômico de
um país e, ao mesmo tempo, ser a base que
pode condicionar a prosperidade de sua po­

saiba mais
A visão geopolítica
no regime militar
Durante a ditadura militar pre­
dominaram no Brasil as teses geo­
políticas da Escola Superior de
Guerra (ESG), que defendiam um
Estado forte, centralizado e com
presença marcante em todo o
território nacional.
Um dos teóricosdo regime mi­
litar foi o general Golbery do
Couto e Silva. O mapa ao lado,
elaborado em projeção azimutal
com o Brasil no centro, é uma
indicação de como ele pensava
o país.
Fonte de pesquisa: Silva, G. C. Conjuntura
política nacional: o Poder Executivo &
geopolítica do Brasil. Rio de Janeiro: José
Olympio, 1981. p. 76.

pulação. Além de propiciar ampla varieda­
de de aspectosnaturais, que se reflete no
potencial produtivo, um grande território
restringe menos o crescimento demográfi­
co, favorecendo a composição de exércitos
mais numerosos e fortalecidos.
O poderio econômico de um país está
relacionado à sua importância no mercado
global. O poderio militar não se manifesta
apenas na atuação em conflitos armados,
mas também na capacidade de negociação
políticainternacional. Um bom exemplo
dessa realidade é o fato de o Conselho de
Segurança da ONU (órgão responsável por
arbitrar e adotar medidas para solucionar
desavenças entre países) ter como membros
permanentes as maiores potências militares
do mundo: Estados Unidos, Rússia, China,
Reino Unido e França.
 

Virtudes e fragilidades

O Brasil pode ser considerado uma potência regional da Américado Sul e Latina,
título também postulado pelo México e pela
Argentina. Embora tenha sido um dos últi­
mos países americanos a conseguir a autono­
mia política e tendo como herança colonial
a dependência econômica de
países mais desenvolvidos, o
Brasil é um país rico.
A geopolíticA dos militAres
A economia nacional, for­
brAsileiros
temente industrializada e com
um setor agropecuáriomuito
produtivo, está entre as mais
desenvolvidas do mundo.
N
Apesar de seu vigor econômi­
co ainda não ter se revertido
em benefícios sociais para a
maioria da população, o Bra­
sil tem melhorado sua inser­
ção nas relações internacio­
nais. Isso pode ser verificado
S
pelo alto número de acordos
bilaterais fechados na década
de 2000 e pela participação
0
8 000
de representantes dogoverno
km
brasileiro em várias reuniões
do G­20, o grupo das maio­
res economias do mundo.

46

4P_EMG3_LA_U01_C04_046a067.indd 46

3/30/10 9:28:55 AM

Analisando o Brasil por meio
da geopolítica

 

Uma potência regional

Ainda que o Brasil apresente fragilidades, sua econo­
mia é forte e seu parque industrial é amplo e diversifi­
cado. Há em território brasileiro...
tracking img