Nois

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1504 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aí! meu estômago.

- Doutor a minha mulher está maluca. Ela acha que essa minha dor de estômago tem a ver com um velho hábito que eu tenho de colocar pimenta na comida.

- Muito bem! Quer dizer que o senhor gosta duma pimentinha né? Quantas pimentas o senhor coloca na comida.

- Só um vidrinho!
Edilson Rodrigues Silva

A Melhor Idade

Três irmãs, uma de 86, outra de 84 e a última de 82 anos deidade viviam juntas em uma casa. À noite, a irmã de 86 anos começou a encher a banheira para tomar banho, ela pôs um pé dentro da banheira, fez uma pausa e depois gritou:
- Hei! Alguém sabe se eu estava entrando ou saindo da banheira? 
A irmã de 84 anos lhe respondeu: 
- Não sei, já subo aí para ver... Ela começou a subir as escadas, fez uma pausa e depois gritou: 
- Ih! Eu estava eu subindo oudescendo as escadas? 
A irmã menor, a de 82 anos, estava na cozinha tomando chá e escutando as outras duas irmãs conversando, ela moveu a cabeça num sinal de negação e pensou: 
- Que Horror! Espero nunca chegar numa situação lamentável dessas. Coitadas dessas duas elas estão só o bagaço da laranja". Pensando isso ela bateu três vezes na madeira da mesa, e resolveu responder para as outras duas: 
-Calmas meninas! Já vou ajudá-las! Deixe-me ver quem está batendo na porta! Quem será uma hora dessas...Que pessoal sem educação!

Emprego, Doutor! Vai trocar o piso de novo?

Ele já tinha visto gente indecisa e cheia de manias, mas como aquele pessoal ali ele ainda estava pra ver. Sem brincadeira nenhuma, só ele já tinha trocado o piso do apartamento umas três vezes e ele não entendia qual era arazão de tamanha instatisfação. 
Da primeira vez ele até que achou que o patrão tinha um pouco de razão porque a instalação do piso do quarto não tinha ficado cem porcento. Na verdade o serviço tinha ficado um pouco nas coxas porque ele não tinha muita experiência com aquele tipo de material. Mesmo assim ele tinha feito o melhor. Da segunda e da terceira vez não tinha desculpa não. O serviço tinhaficado jóia, chuchu beleza! Ele tinha dado tudo de si. Não adiantou nada. Depois de um tempo o patrão falou que não era bem aquilo que ele queria e que o piso ia ser trocado em breve.

Era sempre a mesma história. Ele já estava ficando meio chateado com aquela situação. 

Num certo dia o pai do patrão foi lá no apartamento ver como é que estava indo a finalização das obras.

Conversa vai! Conversavem! O distinto senhor comentou:

- Meu amigo! Pode se preparar: acho que você vai ter que trocar o piso do apartamento de novo.

- O senhor acha! 

- Acho não, tenho certeza absoluta. Ontem o meu filho esteve numa loja de material de construção e ele comprou outro lote de piso cerâmico. 

- De novo! estranhou o instalador. Tudo bem que o dinheiro é dele, mas acho que o doutor não está muito bemda cabeça não. 
- É complicado mesmo! Mas o meu filho está normal. isso acontece toda às vezes que a noiva dele o coloca na parede e fala em marcar logo a data do casamento. Sempre é a mesma história. O meu filho logo inventa alguma coisa para fazer no apartamento, uma hora é a pintura que não está legal, outra hora é a instalação elétrica que está com problemas...E assim vai. Só de troca de pisojá foram quatro.

E tudo me leva àquele último beijo. Tudo me faz crer que eu deveria te ter comigo agora, sempre. Escuto uma música romântica de fim de tarde que me faz lembrar nossas conversas. Enxergo o teu rosto no rosto das outras. Consigo tocar em você quando fecho os olhos, mas cada vez mais eu sei que a saudade aumenta. Sei que sufoca minha respiração a cada segundo, e que um segundo émuito tempo pra que se passe um filme de tudo que já se passou entre nós. Esse filme se repete muitas vezes, e o replay é só o que vem na cabeça. Tô com saudade de você. Tô com saudade do seu beijo. Não é bom estar sem você. Quando seu mundo der uma pausa, vem logo pro nosso.

Não se admire se um dia,
um beija flor invadir
A porta da tua casa,
te der um beijo e partir
Foi eu que mandei o beijo...
tracking img