Neoliberalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2050 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-O neoliberalismo passou a ser implantado no Brasil a partir do governo Collor (90 a 92), onde ocorreram as primeiras privatizações e a abertura do mercado nacional às diversas importações (carros, por exemplo) e o fim de subsídios (trigo por exemplo).
-A onda neoliberal aumentou com os governos FHC (95 a 2002), onde ocorreram diversas privatizações (energia elétrica, telecomunicações,saneamento, mineração, etc.).

Na época, a campanha governamental afirmava que o Estado estava saindo dessas áreas para se concentrar em outras (educação, saude e segurança, por exemplo)... mas o que se viu não foi isso e até hoje não se sabe aonde foi parar o dinheiro recebido das vendas das estatais... só se sabe que não foi nem para educação, nem saúde , nem segurança (que pioraram)...
-nossoneoliberalismo copiava a cartilha iniciada no fim dos anos 80, com a derrocada do socialismo e a hegemonia do capitalismo...a partir daí surgiu o movimento chamado de Globalização (economia globalizada), que nada mais é do que entupir os paises pobres com os produtos fabricados nos paises ricos... levando à quebradeira e desemprego...outra estratégia das multinacionais é fabricar diversos produtos emoutros paises pagando salários aviltantes (ex: China, onde se ganha bem menos do que no Brasil)...

Neoliberalismo no Brasil

A implantação do neoliberalismo, na maioria dos países, coincidiu com um período histórico de crise do capitalismo. Neste sentido, a visão neoliberal de mercado tomava força, na medida em que a população se mostrava descrente com as formas correntes de governo,principalmente aquelas calcadas no modelo do bem estar social.

Na chamada década perdida, o Brasil enfrentava estes problemas com a adoção de medidas que funcionaram mais como paliativos do que propriamente como solução para os seus verdadeiros problemas econômicos e sociais – como exemplo, os indexadores da economia. Portanto, fica evidenciado que as raízes neoliberais brasileiras vêm a reboque tambémde uma situação econômica desfavorável e um sentimento de impotência da sociedade brasileira para resolução de seus problemas. De acordo com OLIVEIRA (1996:28), “(...) a destruição da esperança e a destruição das organizações sindicais, populares e de movimentos sociais (...)” é a maior letalidade conseguida pelo ideário neoliberal. Observemos, portanto, que mesmo antes da implantação de políticasneoliberais propriamente ditas, já se anunciava um quadro preparatório para a execução do mesmo. Este quadro traduziu-se no governo de José Sarney, que segundo alguns críticos mais severos, conseguiu “segurar” a economia brasileira, favorecendo a eleição de seu sucessor, Fernando Collor de Mello, que efetivamente iniciou as transformações mais significativas nos âmbitos sociais, econômicos, etc.A partir da ascensão deste político ao poder e com as bases para a implantação do ideário formadas, percebe-se uma mudança de rumos para a economia nacional.

Ainda no Governo de José Sarney (1985-1989), vários planos econômicos foram postos em prática com o fito de preparar a economia brasileira para as transformações que estavam por vir: Plano Cruzado (1985), que estabelecia uma nova moeda, oCruzado; o chamado gatilho salarial; a criação do seguro-desemprego; fim dos subsídios fiscais; desindexação geral de preços e salários com a livre negociação; projetos de privatização das empresas estatais, cujos recursos seriam destinados a redução do déficit público; manutenção da moratória dos juros da dívida externa, abrindo em contrapartida, o mercado nacional a economia mundial. Emseguida, os Planos Bresser (1987) e Verão (1989).(3)

Após estes planos e a chamada redemocratização do Brasil, temos a primeira eleição direta para presidente após o período da ditadura. O candidato Luiz Inácio Lula da Silva, do PT e Fernando Collor de Melo, do PRN, foram para o 2º turno das eleições. O primeiro candidato, apoiava-se em um programa de governo com raízes socialistas e sindicais,...
tracking img