Nenhum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DOCUMENTO DE TERESÓPOLIS

Araxá apresenta-se como texto organizado (orgânico), segundo regras ou preceitos (sistematizado) o que foi de comum acordo entre os seus formuladores, o documento de Teresópolis tem características diversas. Os 33 profissionais dividiram-se para estudar os documentos.
Os trabalhos da conversação (colóquio) de janeiro de 1970 foram diferentes (distintos) do anterior.Foram convidados pelo CBCISS 103 profissionais seguintes critérios: interesse pelo estudo da Teoria do SS, realização ou vivência profissional, especialização, regionalidade, representatividade de instituições nacionais, públicas e privadas, diversidade quanto à procedência institucional, tempo de formatura e procedência regional, destes 33 compareceram e contam-se 13 que estiveram em Araxá.Estes profissionais refletiram com antecedência, pois tiveram acesso a uma documentação sobre a temática central do encontro “necessidade de um estudo sobre a Metodologia do Serviço Social face a realidade brasileira”, sendo esta estabelecida pelos organizadores, tendo como base os sete encontros regionais realizados em 1968, para discutir o documento de Araxá.
Os organizadores elaboraram um roteiro,mas foi refeito pelos participantes, a diferença entre os dois textos está vinculada a ponto de vista dos objetivos reias (dinâmica) dos dois seminários.
Mas, a diferença não para somente ai, em Teresópolis é o auge do transformismo o moderno sobrepõe ao tradicional, deixando a tensão de Araxá na penumbra (sombra). O dado relevante é a esperança (perspectiva) modernizadora se afirma não apenascomo ideia (concepção) profissional geral, mas como pauta interventiva (mediação).
Há mais que continuidade entre os dois documentos: no de Teresópolis, o moderno se revela como ação de instrumentar o programa (desenvolvimentista) que o texto de 1967 avançava. Dúvidas perguntar para aprofundar.
Cristalização do moderno se difundiu (lastreia) em formulações presentes num contribuição (aporte) deDantas (José Lucena), os participantes dividiram-se em dois grupos para debaterem os “Fundamentos da Metodologia do SS”, onde 3 textos foram constituíram o objeto de reflexão.
1) “Introdução às questões de metodologia” Teoria do diagnóstico e da intervenção em SS”, de Costa (1978) este texto era contrário tanto aos outros dois textos como também as elaborações de Araxá e com as que emergiam emTeresópolis, a autora toma distância de boa parcela dos próprios fundamentos da formulação de 1967, e de outra contemplam elementos críticos do que viria a ser subscrito por seus companheiros. Enfim, Costa se recusa a pensar o SS sem remetê-lo à problemática de fundo das ciências sociais e ao questionamento da sua constituição histórica, e colocava em xeque o caldo conservador em que se moviam aspróprias propostas modernizantes. Questiona o acúmulo teórico no campo do SS e coloca em causa a viabilidade da formulação atual de “teorias de intervenção! Profissional. Costa fala que, é necessário esclarecer a teoria de categorias e conceitos para seguir adiante ruma a “reconstrução do SS”.
2) “Bases para a reformulação da metodologia do SS” de Soeiro (1978) – Texto antiquado (escolástico)onde serie de banalidade (platitudes) se conjuga com formulações equívoca ou mesmo errôneas, acabam em definições, por exemplo: “o objetivo do SS é o processo de orientação social, ou seja, o processo desenvolvido pelo homem (sic) a fim de obter soluções normais (sic) para dificuldades sociais”, este processo de desenrola no interior do ““ processo social básico “(interação social), além de ser umprocesso natural”. Isso tudo nada acrescenta as formulações já desenvolvidas.
Nenhum desses textos estavam ligados ao processo de amadurecimento (maturação) de renovação do SS no Brasil: O de Costa, porque tendia a problematizar a linha evolutiva sinalizada desde Araxá e apontava para além do horizonte modernizador, e o de Soeiro, não atendia as demandas postas pelo desenvolvimento que vinha...
tracking img