Nematoides

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1502 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nematóide carvenícola (Radopholus similis)
Radopholus similis é vulgarmente chamado de nematóide cavernícola devido ao sintoma causado no córtex das raízes e no rizoma de bananeiras. Tem grande importância em função dos danos causados, podendo provocar perdas de até 100% da produção, e pela sua ampla distribuição geográficas.
Danos: As raízes e rizomas atacados apresentam extensas áreasnecróticas, de coloração avermelhada, resultantes da alimentação dos Juvenis (J2, J3 e J4) e fêmeas, que ao se alimentarem do citoplasma e às vezes do núcleo das células corticais, as tornam necrosadas. Este problema é agravado pelo movimento contínuo do nematóide no tecido. Em consequência do ataque, as raízes tornam-se necrosadas, podendo ocorrer o tombamento de plantas.
Controle: As principaismedidas de controle a serem tomadas são o plantio de material sadio e de boa procedência e a escolha de local isento do patógeno.
Como medidas que visem a redução da população, pode-se realizar o alqueive, a inundação e a rotação de cultura. Com o objetivo de amenizar as perdas devido ao tombamento das plantas, deve-se realizar o escoramento das mesmas.
A eficiência do controle com o uso de nematicidaestá condicionada ao tipo de solo, à dosagem e ao método de aplicação, bem como à época e à frequência do tratamento. Recomenda-se o uso de produtos registrados para as culturas.
Nematóide dos citros (Tylenchulus semipenetrans) | |
Sintomas
Geralmente as plantas atacadas apresentam redução do vigor e pouca resistência à seca. As raízes infectadas apresentam-se ligeiramente engrossadas ecom aspecto sujo. A suscetibilidade do porta-enxerto, densidade populacional, idade e sanidade das plantas são importantes para determinar as perdas causadas por T. semipenetrans. A apresentação de sintomas na parte aérea geralmente só ocorre muito tardiamente e está relacionada com a população de nematóides presentes nas raízes. Dependendo das condições locais, plantas infectadas podem suportarmais que 1500 fêmeas por grama de raízes frescas, sem exibir sintoma severo de declínio. Geralmente, as plantas infectadas apresentam redução no tamanho das folhas, 10 % menores que folhas normais, massa radicular reduzida em, pelo menos, 30% e, redução de 20% na produção. Tylenchulus semipenetrans pode sobreviver no solo na ausência de hospedeiro por um período de nove anos, e pode sobreviver acondições de temperatura elevada, como 45 0C durante algumas horas.
Controle
De maneira geral, uma vez detectada a presença de T. semipenetrans e Pratylenchus spp. em pomares cítricos, as opções de manejo são muito limitadas. Tylenchulus semipenetrans pode sobreviver no solo na ausência de hospedeiro por um período de nove anos, e pode sobreviver a condições de temperatura elevada, como 45 0Cdurante algumas horas. Portanto, o controle deve ser preventivo. Sugere-se a aquisição de mudas livres de nematóides, a limpeza dos equipamentos quando se passa de um pomar para outro, e uso na irrigação de água não contaminada. Antes da instalação do pomar, deve-se considerar o histórico da área, qualidade da água de irrigação, tipo de solo e até mesmo a altura do lençol freático. Devem-se evitar áreasonde foi constatada a presença desses nematóides, a menos que se possa efetuar o plantio de uma variedade resistente.

Nematóide do caule e do bulbo (Ditylenchus dipsaci Filipjev)

Esta doença é importante em cebola e também no alho, sendo mais comum no Brasil quando se planta cebola em sucessão ao alho. É causada por Ditylenchus dipsaci Filipjev. Mudas atacadas desenvolvem-se lentamente,apresentam clorose e retorcimento das folhas. O pseudocaule da planta se torna engrossado e de consistência esponjosa. Nesta fase, a porção basal rompe-se e tem início uma podridão, seguindo-se a morte da planta, que se manifesta em reboleiras. Na fase de campo, quando as mudas sadias são transplantadas para áreas infestadas com o nematóide, os sintomas começam a aparecer em três semanas,...
tracking img