Narrativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A maior alegria de uma mulher que quer ser mãe, é sentir as dores de parto e saber que apesar do sofrimento, irá nascer o seu grande sonho. Ela poderá pegar em seus braços alguém quesentiu dentro de si, que protegeu, que alimentou e quando esse momento chega, ele fica marcado para sempre.
A pior tristeza de uma mulher que quer ser mãe, é esperar alguém por meses ena hora, apesar da dor física, não poder abraçar aquele a quem protegeu. Mas a dor física logo é substituída por uma dor mais forte, uma dor que corrói, uma dor que mata por dentro, aosaber que o seu grande sonho nasceu morto. O sofrimento é indescritível, mas ele existe e continua existindo para sempre, apesar de que tudo seja superado, sempre haverá aquelarecordação, que não vem acompanhada com um sorriso e sim com lágrimas de tristeza.
Mas acreditem, ainda há tristeza maior do que essa, ou tristeza que faz com que essa se torne ainda maislamentável. Uma mãe que perde um filho, quer vê-lo nem que seja uma última vez, quer enterrá-lo para poder mostrar que ele é querido apesar de não está mais entre nós. Uma mãe quer podersempre alimentar aquele carinho, levar flores, rosas, ao túmulo do seu sonho que morreu, mas existe, está ali. Aquela flor prova que ele não estava sozinho, que tinha alguém que se importavacom ele, que tinha alguém que esperava-o e fazia sonhos com sua presença.
Quando uma mãe não tem direito de saber o túmulo em que seu sonho está enterrado, ela alimenta um sentimentoque a mata a cada dia que passa. Pode não significar nada para quem é apenas um telespectador da história, mas para aquela mulher, significa muito mais do que um enterro, do que umaflor no túmulo. Significa levar flores a alguém que apesar de não está presente neste mundo, sempre estará presente em seu coração, por mais que esse seja arrancado de seu peito.
tracking img