Movimentos sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Goiás
Faculdade de Ciências Sociais
Disciplina: Movimentos Sociais
Professor: Nildo Viana
Aluno: Diego Mendes Rodrigues




Relatório de leitura do texto:Teses sobre os movimentos sociais
Karl Jensen


Segundo Karl Jensen, um grupo social só existe no interior de uma relação social e por isso seu movimento é provocado porsuas necessidades próprias. O autor explica que, o que movimenta um grupo social são fatores internos (algo em comum aos membros do grupo) e externos (o que fortalece a idéia de açãocoletiva).
A partir do momento que surge um movimento social o grupo adquire mais experiência, ou seja, desenvolve sua consciência criando mais unidade e eficácia política. Sendoassim, o grupo social provoca mudança tanto em seu ambiente interno como na sociedade.
Todo movimento social é um movimento político, pois emerge das relações de produção que sãorelações de classe e portanto políticas. Podemos compreender cada movimento social e suas especificidades por possuir objetivos específicos que atende a questões especificas. O autorargumenta a contradição existente entre o movimento social e democracia, pois a democracia burguesa e os partidos políticos tendem a corromper os movimentos sociais, com isso só há odesenvolvimento da autonomia quando os movimentos sociais lutam contra democracia burguesa.
Portanto, todas essas características que difere um movimento de um movimento social têm comoparticularidade suas necessidades próprias, que são baseadas na luta contra a democracia burguesa. Segundo o autor só existe movimento social porque existe capitalismo, e por conseqüênciaa luta de uma classe sobre a outra. Esses movimentos tendem a um desenvolvimento autônomo que visa à transformação na sociedade com outra concepção e perspectiva contraria ao capitalismo.
tracking img