Movimento sem teto de minas gerais (ocupação dandara)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6581 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário Una
Caroline Del Puerto
Elisa Regina Geraldo
Roberta Alves
Tamara Cristina Viana

MOVIMENTOS SOCIAIS
Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

Belo Horizonte
2012

Centro Universitário Una
Caroline Del Puerto
Elisa Regina Geraldo
Roberta Alves
Tamara Cristina Viana

MOVIMENTOS SOCIAIS
Movimento dos Trabalhadores Sem Teto

Trabalho Interdisciplinarapresentado como requisito do curso de Serviço Social do Centro Universitário UNA para aprovação em disciplina.

Professor (a) Orientador (a) Helena Teixeira Magalhães Soares.

Belo Horizonte
2012

RESUMO

Abordar-se-á neste estudo o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto que surgiu em 1997 advindo do Movimento Sem Terra que viu a necessidade de atuar além das áreas rurais, evidenciando os problemasque a urbanização desestruturada trás para os “sem teto” e a construção de uma identidade que vem sendo atribuída pela sociedade. O objetivo é mostrar a questão social que é enfatizada a partir dos projetos da Copa do Mundo vivenciados pela Ocupação Dandara localizada em Belo Horizonte desde 2009. A pesquisa apoia-se teoricamente nas ideias de Marilena Chauí (2000) abordando o conceito liberdade,Maria Lúcia Martinelli (2010) evidenciando o tema identidade, Maria da Glória Gohn (2011) caracterizando os movimentos sociais, dentre outros. Os dados deste estudo revelam o descaso do Estado com relação à população desprovida do direito à moradia que, por meio de manifestações e ocupações, busca atenção para um problema social que é a questão da moradia no Brasil que está se acirrando frenteaos projetos da Copa do Mundo de 2014.

Palavras – chaves: Movimento dos Trabalhadores Sem Teto. Copa do Mundo. Moradia.

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO .................................................................................................5

2 O SURGIMENTO DO MOVIMENTO DOS TRABALHADORES SEM TETO E OCUPAÇÕÉSDANDARA...................................................................................8

3 AS BANDEIRAS DE LUTA DO MTST: OBJETIVOS E OBSTÁCULOS..............12

CONSIDERAÇÕES FINAIS ...............................................................................20

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...................................................................22

1 INTRODUÇÃO

O processo de urbanização no Brasil esteve profundamente vinculado ao caráter decapitalismo dependente, sobretudo, após a passagem do modelo agrário-exportador para o modelo urbano-industrial de desenvolvimento. Assim, a lógica da ação do Estado sempre se orientou no sentido de subordinar a política urbana e habitacional aos interesses da reprodução das relações capitalistas de produção, estando, inclusive, acima das próprias necessidades das camadas populares (MARICATO, 2008).Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, citados por Morais (2009), apontam que cerca de 54,6 milhões de brasileiros convivem com pelo menos um tipo de inadequação habitacional sendo que, os principais déficits são: o esgotamento sanitário, que atinge 30 milhões de moradores nas cidades e água canalizada por rede em geral que atinge 13,8 milhões de pessoas.
Em cada momentohistórico, os movimentos sociais surgem como medidores para identificar as tensões de diferentes grupos expondo os desejos coletivos, os focos de insatisfação, permitindo também o conhecimento e o funcionamento do modelo de sociedade dentro do qual esses movimentos se articulam tornando os problemas visíveis. Entende-se que os movimentos sociais são caracterizados por interesses em comum de um grupo, quevisa melhorias dentro daquele contexto que vive (GOHN, 2011).
Assim, pode-se entender que o Movimento dos Trabalhadores “Sem Teto” - MTST que surgiu da necessidade de organizar uma reforma urbana para garantir moradia digna a todos os cidadãos expressando as contradições sociais e econômicas presentes na sociedade brasileira. O MTST pauta-se da defesa do fim social da propriedade, a partir dos...
tracking img