Mosaico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2371 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MOSAICO



RESUMO.

O mosaico bizantino recobre as paredes, as absides e as cúpulas das igrejas. São feitos de pastilhas, em geral de vidro, unidas com gesso. São de cores vivas e refletem a luz natural que entra pelas janelas. Agrande luminosidade assim criada procura representar a vida celestial. As figuras são rígidas e o fundo dourado, o que produz uma sensação de riqueza. Um de seus melhores exemplos é o Mosaico de Teodora(01), esposa do imperador Justiniano, em Ravena.


Foto (01)







INTRODUÇÃO
Este artigo apresenta uma sinopse da historia do mosaico, assim como conhecer a forma e beleza desta arte,fazendo comparações.
Uma das maiores formas de arte, o mosaico, surgiu durante os séculos V e VI em Bizâncio, já em poder dos turcos, e em sua capital italiana, Ravena. Os mosaicos eram utilizados na propagação do novo credo oficial, o cristianismo, portanto o tema era a religião em geral, mostrando cristo como mestre e senhor todo poderoso. Uma suntuosa grandiosidade, com halos iluminando asfiguras sagradas e fundo refulgindo em ouro, caracterizava essas obras.
As figuras humanas são chapadas, rígidas, simetricamente colocadas, parecendo estar penduradas. Os artesãos não tinham interesse em sugerir perspectiva ou volume. Figuras humanas altas, esguias, com fases Amendoadas, olhos enormes e expressão solene, olhavam diretamente para a frente, sem o menor esboço de movimento.

Emboraseguissem a tradição romana de montar cubos coloridos, chamados tesserae, sobre gesso, de modo a formar um desenho, os mosaicos bizantinos (“Justiniano e Cortesãos”)(02) eram distintos dos romanos (“A Batalha de Issus”)(03). As principais diferenças são.

MOSAICO ROMANO X MOSAICO BIZANTINO
Cubos de marmore opaco Cubos de vidro brilhante
Peças com acabamentoliso, uniforme Superficies irregulares aumenta o brilho
Cores limitadas tons naturais das pedras Vidros coloridos variada escala de cores
Usado no chão de residencias Usado em paredes e tetos
Temas seculares, batalhas, jogos Temas religiosos, Cristo como pastor
Peças minusculas, detalhes realistas Cubos grandese desenhos estilizados
Paisagem de fundo Fundo abstrato: ouro sobre azul








CONTANDO A HISTÓRIA EM MOSAICO

O rápido crescimento da arquitetura cristã monumental deve ter exercido um efeito quase revolucionário no desenvolvimento da pintura cristã primitiva. De repente, vastas superficies murais tinham de ser cobertas de imagens dignasde seu enquadramento arquitetonico. Quem estaria à altura do desafio? Não eram de certo, os humildes artistas que tinham decorados as catacumbas com o seu limitado repertório de modelos e temas. Foram substituidos por mestres de maior capacidade, recrutados, como podemos supor, sob os auspícios imperiais, tal como os arquitetos das novas basílicas. Infelizmente ficou tão pouca coisa da decoraçãodas igrejas do sec. IV que a respectiva história não pode ser traçada em pormenor. Ao que parece, grandes ciclos picturais alastravam sobre as paredes da nave, o arco triunfal e a absaide. Estes ciclos devem ter resultado de uma ampla colheita de elementos, feita na extensa variedade de fontes mais antigas, nas quais se refletia toda gama da pintura grego-romana. A herança do passado não foi,porém, apenas assimilada, mas transformada de modo a integrar-se no seu novo ambiente, fisíco e espiritual. Deste proceso surgiu uma grande modalidade artistica parietal paleocristã que, em larga medida, substituiu a técnica mais antiga e mais barata, da pintura mural. Os mosaicos – conjuntos ordenados, para figurar um desenho, de pequenas peças de materiais coloridos justapostos, assentadas em...
tracking img