Moradores de rua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (668 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Moradores de rua

No Brasil, o déficit habitacional é muito grande nos últimos anos. A maioria das grandes cidades sofre com a desigualdade social e o crescimento desordenado. Há milhões defamílias que não possuem moradias, assim, é possível encontrar pessoas morando nas ruas, embaixo de viadutos e pontes. Essas pessoas passam por muitas dificuldades e possuem condições precárias de vida. Sãoos chamados moradores de rua, um indivíduo que vive em extrema carência material, não podendo garantir a sua sobrevivência por seus próprios meios.

Segundo a Fundação Instituto de PesquisasEconômicas (Fipe), em 2003 havia cerca de 10.700 moradores de rua só na cidade de São Paulo.

Marginalizados, os moradores de rua têm apresentação social de criminosos. Mas quais são as consequências, opçõesou fatores que levam uma pessoa tornar-se moradora de rua? Cada uma dessas pessoas tem uma razão para chegar nesse ponto. Uma dessas razões é o uso de substâncias psicotrópicas. O usuário de drogasnão é bem visto perante a sociedade, gerando condição de rejeição, negando seu direito à fala e à escolha.

Mas para ser um morador de rua não é preciso apenas seu um usuário de drogas. No meio dacomunidade de moradores de rua estão crianças, adolescentes, adultos e idosos, o que inclui uma grande série de fatores para uma pessoa passar a ser morador de rua. Estão entre esses fatores: abandonofamiliar ou falta de família, situação econômica, desemprego, desajuste social ou problema psicológico.

A vida dessas pessoas baseia-se apenas no hoje. Muitas vezes não têm sonhos e não têm esperançade mudanças. Se estiverem com fome, fazem de tudo pelo alimento, não importa como, se pedindo, comprando, roubando ou até furtando. À noite, usam papelões e plásticos para se protegerem do frio.Quando recebem ajuda, como cobertores, por exemplo, de entidades de caridade ou grupos religiosos não têm como preservar. Passam fome, sede, frio, falta de higiene, educação, emprego, lazer, saúde,...
tracking img