Monografia - o poder familiar no código civil de 2002

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10339 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
10

INSTITUTO ITAPETININGANO DE ENSINO SUPERIOR SILMARA YURKSAITYTE MENDEZ

O PODER FAMILIAR NO CÓDIGO CIVIL DE 2002

Itapetininga, SP Junho/2011

11

SILMARA YURKSAITYTE MENDEZ

O PODER FAMILIAR NO CÓDIGO CIVIL DE 2002

Monografia apresentada à banca examinadora do curso de Direito do Instituto Itapetiningano de Ensino Superior. Orientadora: Prof.ª Ms. Maria Angélica

SpagnuoloMolina

Itapetininga, SP Julho/2011

12

Dedico este trabalho à minha família: aos meus pais Roberto e Madalena, que desde muito cedo, sempre se preocuparam com minha formação e educação, e me orientaram no caminho do bem; Ao meu marido Douglas, sempre tão presente e principalmente ao meu filho Vinícius, meu principal incentivador e que me ensinou o verdadeiro sentido do amor incondicional. 13

AGRADECIMENTOS Sempre me lembrarei destes anos acadêmicos, com certeza eles me trarão muitas lembranças e saudades, e muito provavelmente, muitos dos amigos com os quais convivi nestes cinco anos se percam, e nossos caminhos não mais se cruzem, mas as lembranças para sempre ficarão. Não podia deixar de citar os nomes das pessoas que se fizeram tão presentes no decorrer da minha vidaacadêmica, e principalmente na elaboração deste trabalho: Agradeço em primeiro lugar a Deus, por ter me permitido nascer e por me dar forças para levantar e lutar a cada dia; Aos meus pais, Roberto e Madalena, pelas broncas e afagos, pelos constantes incentivos e dedicação, pela alegria e amor, e principalmente, por terem me dado uma educação com ênfase na personalidade digna e honesta e acreditaremem mim acima de qualquer coisa; A minha irmã Cristina, que sempre soube fazer críticas construtivas e me incentivar; Ao meu marido Douglas, pelo constante incentivo e amor e que soube aguentar calado todo o mau humor nas épocas de estresse extremo com a elaboração deste trabalho; Ao meu pequeno filho Vinícius, que me trouxe alegria e com o qual aprendi o real significado de ter uma família; Aosmeus inseparáveis amigos Fabrício, Sirlei, Tatiana e Harlley, com os quais aprendi que amizades sinceras e verdadeiras existem, pois contribuíram definitivamente para a conclusão deste curso; Aos mentores e amigos espirituais que sempre me deram intuições e luz para seguir em frente; Ao Instituto Itapetiningano de Ensino Superior, por proporcionar a minha formação acadêmica; A minha querida e semprebem humorada professora, orientadora e mestre Maria Angélica, pelas orientações, conselhos, paciência e confiança para executar esta tarefa. Não podia deixar de citar os nomes das pessoas que se fizeram tão presentes no decorrer da minha vida acadêmica e principalmente na elaboração deste trabalho.

14

AGRADECIMENTO ESPECIAL

HOMENAGEM

Ao meu pai, Roberto Mendez. Meu pai, eternoprofessor. Meu pai, amigo dos amigos, da família, dos desamparados, dos vizinhos e dos inimigos. Meu pai, homem de caráter, homem de convicções, homem sem preço. Meu pai, poeta, inteligente, vivo e espirituoso. Meu pai, silencioso na dor, humilde e atencioso. Meu pai, apoio nos acertos e nos palavras de conforto nos erros. Meu pai, que adora e me ensinou a amar os livros, as plantas e os animais. Meupai, que acredita na justiça, nesta e na outra dimensão. Meu pai, que me ensinou a pescar, caminhar e amar. Dedico este trabalho a este homem que sempre teve fé na vida, amor pelas pessoas e dedicação e amor incondicional para comigo. A este ser humano que lutou contra seus próprios defeitos e evoluiu a um nível inimaginável. A ele que tem uma luz imensa e um sorriso doce. Dedico este trabalho avocê papai, que acima de tudo antes de ser pai é meu melhor amigo e meu maior incentivo de lutar. Te amo muito meu grande mestre.

15

“Um alma nascida no paraíso se divide em espíritos gêmeos e caem na terra como estrelas cadentes, e sobre oceanos e

continentes uma força magnética as unirá em uma só”. (O Conde de Monte Cristo – Alexandre Dumas)

16

RESUMO

A família atual não pode...
tracking img