Monografia policia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 98 (24497 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, ECONOMIA E CIÊNCIAS CONTÁBEIS - FAECC
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA – C.A.O.

CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA:
“UMA NECESSIDADE NO PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DA POLÍCIA
MILITAR DE MATO GROSSO”

EDUARDO HENRIQUE DE SOUZA – CAP PM

CUIABÁ-MT
DEZEMBRO/2003

1

EDUARDO HENRIQUE DE SOUZACAPACITAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA:
“UMA NECESSIDADE NO PROCESSO DE TRANFORMAÇÃO DA POLÍCIA
MILITAR DE MATO GROSSO”

Monografia apresentada à Coordenação
do Curso de Especialização em Gestão de
Segurança Pública como requisito
obrigatório para a conclusão do curso e
obtenção do grau de Especialista em
Gestão de Segurança Pública, sob
orientação da Prof. MsC. Vera Lúcia
Bertoline.

Cuiabá- MT
2003

2
CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA:
“UMA NECESSIDADE NO PROCESSO DE TRANFORMAÇÃO DA POLÍCIA
MILITARDE MATO GROSSO”

EDUARDO HENRIQUE DE SOUZA – CAP PM

Monografia submetida à Banca Examinadora, composta por professores do Curso de
Especialização em Gestão de Segurança Pública – C.A.O., da Faculdade de Administração,
Economia e Ciências Contábeis da Universidade Federalde Mato Grosso, e julgada adequada
para a concessão do Grau de ESPECIALISTA EM GESTÃO DE SEGURANÇA
PÚBLICA .

Banca Examinadora:

VERA LÚCIA BERTOLINE
Orientadora/Presidente da Banca

ÂNGELA MARIA TEIXEIRA DE ALMEIDA
Membro

LUIZ CÉSAR SIMÕES DE ARRUDA
Membro

Nota obtida pelo aluno: ________

JOÃO WANDERLEY VILELA GARCIA
Coordenador do Curso

3

EPÌGRAFE
“Peço cominsistência: não digam
‘isso é natural’. Diante dos
acontecimentos de cada dia, numa
época em que reina a confusão, em
que corre sangue, em que o arbitrário
tem força de lei, em que a humanidade
se desumaniza, não digam nunca ‘isso
é natural’, para que nada possa ser
imutável”.
Bertold Brecht.

4

DEDICATÓRIA
A meus pais, Apolônio e Elizabeth, a
meu filho, João Henrique, e a minha
esposaKenia.

5

AGRADECIMENTOS
Agradeço a Deus por ter me iluminado e me
dado condições de chegar até aqui e produzir
este trabalho, e a minha orientadora, Vera
Lúcia Bertoline, pela paciência a mim
dispensada, muito colaborando para o
resultado desta pesquisa.

6

RESUMO

A Polícia Militar de Mato Grosso, com a intenção de se adaptar às exigências sociais
quanto ao papel dos órgãosde segurança pública, elaborou, em conjunto com representantes
da sociedade civil organizada, o seu Planejamento Estratégico Participativo de 2003.
Dentre os vários conceitos e diretrizes de trabalho, consta, como uma das principais
formulações, a nova missão da Polícia Militar: “Proporcionar proteção à sociedade,
preservando a ordem pública, assegurando o bem comum e garantindo os direitosindividuais
e coletivos”.
A mudança de filosofia proposta sugere uma polícia voltada ao cidadão, de uma polícia
que a proteja, uma polícia mais humana. Porém, a Corporação encontra óbices na implantação
dessa filosofia utilizando-se da atual Política de Capacitação que não vislumbra o treinamento
e qualificação da grande maioria do efetivo da Polícia Militar, e onde os menos beneficiados
sãojustamente os policiais que trabalham na rua em contato direto com essa mesma sociedade
que se quer prestar um serviço com melhor qualidade. Uma Política que trabalhe a “quebra”
da Cultura Organizacional reinante nos quartéis, onde vemos a repressão, o preconceito ao
pobre e ao negro, o uso da força pelo não argumento, a vingança, e outras práticas vistas na
formação do primeiro Corpo Policial –Homens do Mato - que tinham, entre outras missões, a
recaptura de escravos e acertos financeiros com os senhores, instituídos em lei.
Como fonte de pesquisa de campo foram utilizados o 1º Batalhão de Polícia Militar, que
representa as unidades operacionais de área, e o GRAER (Grupamento de
Radiopatrulhamento Aéreo), onde na primeira não trabalha com política de capacitação e a
segunda...
tracking img