Modelo de paper

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
 Qualidade de vida nas organizações
Nataly U Lima
Prof. (a) Tayse Cristiane Agostinho
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Processos Gerenciais (EMD0448) - Prática Interdisciplinar do Módulo I


RESUMO
Uma necessidade de qualidade de vida no trabalho esta cada vez maisexplícita no nosso cotidiano. Atualmente não basta só a questão salarial, mais sim um ambiente que proporcione satisfação e motive o trabalhador a trabalhar, ao longo dos anos o movimento de qualidade de vida no trabalho vem crescendo ainda mais, a QTV contribui para a diminuição de custos com a assistência medica entre outros benefícios que são de benéficos tanto para o empregado quanto para aempresa. para dar sustentação nessas afirmações citaremos grandes nomes de autores da administração que comprovam que um bom programa de qualidade de vida e o melhor meio para uma auto realização profissional.

Palavras chave: Trabalho, QTV, Empresa.

Sumario
1. Capa
1.1.resumo
2. INTRODUÇÃO
3. QVT
3.1. Origem
3.2Conceituando a Qualidade de Vida no Trabalho
3.3 Evoluções da Qualidade de Vida no Trabalho
4. Programas de qualidade de vida nas organizações
Introdução

Nas ultimas décadas foram marcadas por grandes mudanças nas leis e relações trabalhistas, grande parte dessa mudança deve se ao surgimento de novas tecnologias,novos meios de administração e o crescente aumento de competitividade entre as empresas. Diante dessa nova realidade cresce a cada dia a pressão para os trabalhadores para que metas sejam cumpridas. Por esse motivo as organizações, cada vez mais investem em programas de qualidade de vida no trabalho (QVT), visando, assim, uma melhora no bem-estar dos funcionários, em sua capacidade produtiva, vistoque um programa de QVT torna se um grande diferencial entre as organizações de sucesso alem de proporcionar o bem-estar dentro e fora da organização. Assim, esse artigo se caracteriza por mostrar a origem desse conceito desde a sua criação ate aos dias atuais.




















Origem

A origem do movimentode QVT surgiu em meados da década de 50, mais especificamente na Inglaterra, por meio do trabalho de Eric Trist e seus colaboradores, que realizaram estudos para tentar compreender a relação existente entre indivíduo, trabalho e organização. Eles observaram que um dos aspectos fundamentais é a realização do indivíduo no trabalho. Entretanto, a expressão qualidade de vida no trabalho só foiintroduzida, publicamente, no início da década de 70, então com isso surge um movimento pela qualidade de vida no trabalho, principalmente nos EUA, devido à preocupação com a competitividade internacional e o grande sucesso dos estilos e técnicas gerenciais dos programas de produtividade japonesa, centrado nos empregados. Existia uma tentativa de integrar os interesses dos empregados e empregadoresatravés de práticas gerenciais capazes de reduzir os conflitos. Outra tentativa era a de tentar maior motivação nos empregados, embasando suas filosofias nos trabalhos dos autores da escola de Relações Humanas, como Maslow, Herzberg e outros. A qualidade total teve bastante influência para o desenvolvimento da qualidade de vida no trabalho, pois das práticas anunciadas pelo sistema de controle daqualidade total, têm-se algumas que devem ser destacadas para melhor análise da influência, tais como:
Maior participação dos funcionários nos processos de trabalho, ou seja, uma tentativa de eliminação da separação entre planejamento execução, promovida principalmente pelos sistemas tayloristas e fordistas;
Descentralização das decisões;
redução de níveis hierárquicos;
supervisão democrática;...
tracking img