Modelo de contra razoes ao recurso inominado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DO xxxxxxx JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE NITERÓI - RJ
 
 
 
 

 
 
 
 Processo nº: xxxxxxxxxxx
 
 

 xxxxx, brasileira, casada, técnica em radiologia , portadora da Cédula de Identidade nºxxxxx DETRAN /RJ., inscrita no CPF sob o nº xxx, residente e domiciliada à Rua xxxxx, Bairro xxx, Niterói, RJ., CEP. xxxx.; vem, através de sua advogadainfra-assinado, perante Vossa Excelência, apresentar suas CONTRA-RAZÕES AO RECURSO INONIMADO interposto pela yyyyy , o que faz através do memorial anexo, requerendo sua remessa em apenso para Superior Instância,após cumpridas as formalidades legais.

Nestes termos, pede deferimento.

 
NITERÓI , 16 DE NOVEMBRO DE 2011.
 

 
 
 vvvvvvv
  OAB/RJ.000000

 
 EGRÉGIO CONSELHO RECURSALDO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.
 

 CONTRA-RAZÕES DE RECURSO INOMINADO
 

 Recorrente: yyyyyyyy
Recorrida: xxxxxx
 
 Origem: cccc Juizado Especial Cível de NITERÓI / RJ
 Processo nº 00000000
 
 

  COLENDA TURMA
EMERITOS JULGADORES
A sentença proferida nas fls. oo e fls. oo , pelo juízo a quo deve ser mantida ,pois amateria foi examinada em sintonia com as provas constantes dos autos e fundamentada com as normas legais aplicaveis,com a devida razoabilidade e proporcionalidade.

RESUMO DOS FATOS

A Autora no mês de Maio do ano de 0000 adquiriu da empresa Ré o cartão de crédito n° 000000

No mesmo mês da aquisição do cartão, a Autora se dirigiu a Empresa Ré e realizou uma compra parcelada em 6(seis) vezes. E em meado do pagamento das referidas parcelas a Autora realizou outra compra também parcelada, e conforme demonstrado na peca exordial a Autora realizou devidamente todos os pagamentos das referidas faturas ,de modo nada estar devendo .

Ocorre que no mês de dezembro do ano de 2009, a Autora foi surpreendida quando do recebimento de uma carta que afirmava que o nome e CPFda Autora constavam no CADASTRO DE RESTRIÇÃO DE CRÉDITO.

Diante do ocorrido e se sentindo constrangida pelas dividas que a ela fora imputada, a Autora se dirigiu a empresa Ré, levando todos os comprovantes de pagamento de suas faturas, inclusive a que era mencionada, fatura do mês de dezembro de 2009 no valor de R$ 188,30(cento e oitenta e oito reais e trinta centavos) , como ofundamento da inclusão de seu nome no “rol de mal pagadores” - SPC e SERASA, sendo assim atendida pelo preposto da empresa Ré, que de imediato constatou que todos os pagamentos foram devidamente realizados e que o problema se originou de um erro administrativo , vindo assim a solicitar ,que a Autora aguardasse o prazo de 48 horas para que fosse enviado uma copia do pagamento de sua fatura ao setorjurídico da empresa Ré e ,conseqüentemente o nome da Autora estaria fora do Cadastro de Restrição de Credito .

Acreditando que teria seu nome retirado do Cadastro de Restrição de Credito, a Autora, ainda no mês de dezembro do ano de 2009 foi solicitar um empréstimo junto ao sistema financeiro, porém foi negado tal empréstimo em virtude de seu nome encontrar-se negativado junto aos ÓRGÃOSDE RESTRIÇAO DE CRÉDITO.

Constrangida pelo estado vexatório que acabara de passar, a Autora de imediato se dirigiu mais uma vez a empresa Ré, afim de que lhe fossem dadas explicações sobre seu nome ainda constar negativado junto aos órgãos de restrição de credito.


Diante do tamanho descaso e falta de respeito, a Autora não viu outra saída há não ser tentar enviar o fax para on°00000 fl.00 comprovando seu pagamento. Anexado a peça exordial as fls. 00 ,a Autora tentou por diversas vezes e em nenhuma obteve êxito. Continuando assim, a Autora, até a presente data por falta da organização e respeito da empresa Ré, com seu nome negativado no SPC e SERASA, fls. 000.

Dos fundamentos:

Desmentindo o que foi relatado pela Recorrente, com relação a contratar com...
tracking img