Modelo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Química do Carbono
Grupos funcionais

VI. GRUPOS FUNCIONAIS
A maior parte das substâncias orgânicas pode ser agrupada num número
relativamente pequeno de classes, de acordo com o seu grupo funcional.

Designa-se por grupo funcional,o grupo de átomos que é, em grande parte,
responsável pelo comportamento químico da molécula em que está inserido.
Moléculas diferentes, que contêm o mesmogrupo funcional, apresentam reacções
químicas semelhantes. Assim, pode-se estudar e compreender a maior parte das
substâncias orgânicas se se conhecerem as características do grupo funcional.

Na Tabela VI.1. são apresentados alguns exemplos de classes ou famílias de
compostos e os respectivos grupos funcionais. As designações R1 e R2 são usadas
para indicar a existência de cadeias laterais,que podem ser constituídas por átomos
de carbono ou por átomos de outros elementos.

Universidade Aberta

1

Química do Carbono
Grupos funcionais

Tabela VI.1. – Famílias de compostos e correspondentes grupos funcionais

Famílias

Grupo Funcional
R1 –– X

Derivados Halogenados

(X representa um halogénio)
Álcoois

R1

Éteres

OH
O

R1

R2

O
Cetonas

C

R2R1

O
Aldeídos

R1

C

H

O
Ácidos carboxílicos

R2

C
OH
O

Ésteres

R1

C
O

R2
O

Amidas

C

R1

NH 2
N

Aminas

R1

H
H
H

O

Aminoácidos

H2N

C
R1

Universidade Aberta

2

C
OH

Química do Carbono
Grupos funcionais

DERIVADOS HALOGENADOS
Estes compostos resultam da substituição de um ou mais átomos de
hidrogénio da cadeiade um hidrocarboneto alifático, por um elemento do grupo dos
halogéneos: flúor, cloro, bromo ou iodo. A presença destes elementos deve, por
conseguinte, aparecer discriminada no nome do composto, bem como a sua posição
na cadeia principal. As regras de nomenclatura são as mesmas e os radicais alquilo,
ordenados alfabeticamente, precedem o nome da cadeia principal.
No caso dos halogéneosestarem inseridos em cadeias com ligações duplas
ou triplas, a numeração da cadeia principal deve ser feita de modo a que a múltipla
ligação tenha o menor número possível.
Vejamos alguns exemplos:

H

Cl

H

C

C

C

C

H

H

H

H

H

H

2–cloro–butano

H

27

H

H

H

Cl

H

H

C

C

C

C

C

H

H

Br

Cl

H

H

Br

H

C

CC

H

3–bromo–2,2–dicloro–pentano

H
I

3–bromo–4–fluor–4–iodo–1–buteno

C
H

H

F

H

9
Cl

H
1

H

C

2

C

H

Universidade Aberta

3

C

4

C

H

5

C

H

H

H
6

C

CH3 H

7

C

H

3

H

4–cloro–5–metil–2–heptino

Química do Carbono
Grupos funcionais

ÁLCOOIS
Os álcoois são compostos derivados dos hidrocarbonetosalifáticos e obtidos
por substituição de um ou mais átomos de hidrogénio pelo grupo funcional álcool,
–OH, também designado por grupo hidroxilo, hidroxi ou grupo ol.

O nome de um álcool é obtido adicionando a letra ! à designação do
hidrocarboneto que está na sua origem.

Analogamente ao que se observou para os alcenos e alcinos, podemos ter
álcoois com a mesma fórmula molecular mas comdiferentes fórmulas de estrutura,
sendo portanto, necessário especificar a posição do grupo funcional.

Relembrem-se algumas das regras de nomenclatura:
♦ começa-se por identificar a cadeia mais longa de átomos de carbono à
qual o grupo OH está ligado;
♦ a numeração é iniciada pelo lado mais próximo do grupo OH;
♦ a indicação da posição do grupo é feita pela adição do respectivo númeroantes do nome;
♦ se no mesmo composto existir mais do que um grupo OH, essa
informação é dada pelo prefixo numérico colocado entre o nome e a
terminação ol;

Um exemplo de um álcool com mais do que um grupo hidroxilo é:

H

H

H

C

C

C

C

H

H

H

OH

OH

H

Universidade Aberta

2,3–butanodiol

H

4

Química do Carbono
Grupos funcionais

Estes...
tracking img