Modelagem com argamassa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Lição III- Modelagem com Argamassa

Neste novo momento de experiências que a lição III busca disponibilizar aos alunos, vamos nos deter na vizinhança da modelagem que faz uso da argamassa de cimento e areia e que é aplicada sobre uma estrutura, também modelada em vergalhões, arames e tela metálica, cuja função se destina a suportar a argamassa e a forma, erguidas no espaço.

Massas modeláveisautofraguantes Denominamos massas autofraguantes, todas aquelas massas que estariam sujeitas à ação da modelagem e que secam e endurecem sem que se tenham que passar pelo processo de queima, como acontece com os objetos cerâmicos. Para sermos mais sucintos, poderíamos dizer que as massas de cimento e areia, aquelas que são corriqueiramente utilizadas em construções de alvenaria, nas nossas casas,são massas autofraguantes. Além de secarem e terem a resistência física do concreto, dependendo do seu traço (composição de mistura), estas massas, para melhorarem sua plasticidade e mudarem de cor, podem ser misturadas com terras coloridas ou pigmentos, desde que sejam respeitadas as proporções da mistura. O traço da argamassa autofraguante Para atender às necessidades específicas da lição III,vamos trabalhar basicamente com três ou quatro traços de argamassa. O primeiro que se destina a estar em contato direto com a armação metálica deve ser uma massa mais bruta (forte, como dizem os pedreiros) para preencher melhor os espaços da tela de arame e para compensar os esforços de compressão da estrutura formal. Para este fim, vamos adotar um traço um para três (1 x 3) mais seco, não tãoúmido, ou seja, uma parte de cimento para três partes de areia lavada. No segundo traço, que se destinará ao preenchimento da forma a ser lançada no espaço, por adição material, à modelagem propriamente dita, poderemos

aumentar sua resistência com um novo traço, uma vez que sua dureza deveria atender à resistência interna da estrutura que ergue a forma n verticalidade. Considerando estas questões,poderíamos, então, combinar, neste traço, uma proporção de um para dois (1x2), uma parte de cimento para duas de areia lavada. No terceiro traço, que é destinado ao acabamento das superfícies, detalhamentos finais, uma proporção de um para um (1 x 1), uma parte de cimento para uma parte de areia lavada, “fina” e peneirada, atende perfeitamente às exigências de dureza e plasticidade de umasuperfície que vai ficar mais próxima das intempéries, da abrasão e de acidentes físicos. Uma vez lançados os três traços iniciais, e a questão formal já estando resolvida, o acabamento que, em primeira instância poderia ser aplicado seria um agente selador que não alteraria a cor própria da argamassa de cimento, como a conhecemos. Uma segunda possibilidade de acabamento é um colorimento com adição de umaterra colorida ou pigmentação tipo pó xadrez, para alterar a sua cor. Para este fim, um traço de três para um (3 x 1), ou seja, três partes de cimento para uma parte de terra colorida ou pó xadrez. Desta vez não entra areia na fórmula. Uma terceira possibilidade de acabamento deveria ser considerada, antes de lançarmos o terceiro traço, aquele de detalhamento com areia fina (1 x 1). Neste caso,no lugar da areia fina, introduziríamos a sua metade em pigmento ou terra colorida, ficando, deste modo, um traço (1 x ½ x ½), uma parte de cimento para meia parte de areia fina e para meia parte de pigmento ou terra colorida. Esta terceira possibilidade de acabamento se resumiria em uma massa autofraguante e já colorida em si. Sobre a estrutura do concreto Armado Neta lição, assim como na segunda,mas de modo mais complexo, teremos que construir uma estrutura em ferragens, dentro dos limites formais do projeto para suportar, no espaço, o peso próprio da argamassa a ser sustentada. Neste sentido, nossa composição material de modelagem em argamassa assemelha-se ao concreto armado. Lembremos, então, de algumas

características do concreto armado: a coexistência de dois materiais bem...
tracking img