Microbiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fundação de Ensino de Contagem – FUNEC /CENTEC
Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico
Departamento de Análises Clínicas

MICROBIOLOGIA

PREPARO DO MEIO DE CULTURA E UBIQUIDADE BACTERIANA



Contagem
Março/2013

Resumo
Os meios de cultura são utilizados com a finalidade de cultivar e manter microrganismos viáveis no laboratório, sob a forma de culturas puras.
Os meiosde cultura devem ter na sua composição, os nutrientes indispensáveis ao crescimento do organismo em questão, sob forma assimilável e em concentração não inibitória do crescimento. Além disso, após a sua preparação, cada meio de cultura deve ser submetido à esterilização, por forma a eliminar qualquer organismo vivo contaminante.
A ubiquidade dos microorganismos é baseada em trêscaracterísticas principais: tamanho reduzido, que permite uma grande capacidade de dispersão; variabilidade e flexibilidade metabólica, que permite se adaptar e tolerar rapidamente às condições ambientais desfavoráveis.

Introdução
O Ágar CLED e um meio de cultura recomendado para isolamento, enumeração e identificação de patógenos urinários com base na fermentação de lactose. Este meio suporta ocrescimento de agentes patogénicos e contaminantes urinários, mas evita a ploriferação indevida de espécies de Proteus devido à ausência electrólitos. O Teste de Ubiquidade foi realizado para determinar o nível bacteriano em determinados locais. De acordo com cor e forma das colônias bactérias, podemos classifica-las em: Cocos, Bacilos, Vibriões, Espirilo, Estafilococos, Sarcina, Estreptobacilos,Diplococos ou Estreptococos.





















Objetivo
O objetivo foi perscrutar e utilizar o meio de cultura Ágar CLED. O objetivo do Teste de Ubiquidade foi utilizar os meios de cultura para coletar e examinar bactérias presentes em diversos locais.
























Parte Experimental
Oexperimento foi dividido em duas aulas:
1º aula (12/3/2013):
Metade de uma folha de papel craft foi colocada em cima da bancada onde 15 placas de Petri por cima, as placas foram embrulhadas e seladas com pedaços de fita de autoclavação (possui linhas claras, que quando o material é retirado da autoclave e as listras estão pretas significa q o material foi esterilizado). O meio de culturapreparado foi o Ágar CLED. Pesou-se 19 gramas do meio na Balança Analítica em cima de um papel toalha, em seguida foi despejada em um balão volumétrico com 500 ml de água e misturou-se bem e tampou-se com um algodão próprio para a prática. O meio e as placas de Petri foram levados à autoclave q tinha sido preparada anteriormente com água até o nível da resistência após isso se colocou o cesto e omaio de cultura e as placas dentro do cesto. Fechou-se a autoclave em forma de cruz, a autoclave foi ligada no máximo e esperou-se o jato residual sair, em seguida fechou-se a válvula e esperou-se a autoclave chegar a uma temperatura de 121°C e 1 atm pressão quando o termômetro marcou essas especificações foi colocada na temperatura média e marcou-se 15 minutos. Após os 15 minutos se passaremdesligou-se a autoclave e esperou-se um pouco ate ela resfriar para abri-la. O pacote foi retirado com o meio de cultura e esperou-se mais um pouco até que o meio de cultura se esfriasse após isso enchemos as placas de Petri com o meio e utilizamos também o bico de Bunsen para deixar o ar envolto estéril para não afetar a confiabilidade do Meio de Cultura.
2º aula (19/3/13):
Teste deUbiquidade realizado nas superfícies:
* Vaso sanitário do banheiro dos homens do 3º andar.
* Telefone público.
* Corrimão.
* Bebedouro esquerdo do 1º andar.
O swab foi mergulhado em uma solução salina. O swab humidecido foi passado no local escolhido para realizar o teste. Após isso o swab com a amostra do local foi passada no meio de cultura. A placa de Petri onde o meio foi...
tracking img