Microbiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2064 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ICB/UFJF - Bacteriologia - Farmácia

28/03/2012

INTERAÇÃO
BACTÉRIA-HOSPEDEIRO

Prof. Dr. Cláudio Galuppo Diniz

INTERAÇÃO BACTÉRIA - HOSPEDEIRO
O PLANETA MICROBIANO

• Os microrganismos são ubíquos e são capazes de se adaptar a qualquer ambiente físico-químico.

Era Pré –Pasteur: tratamento de doenças era baseado no método da tentativa e erro, e as causas
eram desconhecidas.
Século XIX –Pasteur: as leveduras teriam um papel fundamental na fermentação => primeira
evidência da participação dos microrganismos na transformação física e química da matéria orgânica.

Alerta aos cientistas de que esses micróbios poderiam interferir de maneira semelhante com os
tecidos animais e vegetais => potencial de causar doença

Teoria do Germe da Doença: os microrganismos podiam causar doenças.

Prof.Cláudio

1

ICB/UFJF - Bacteriologia - Farmácia

28/03/2012

Infecção x Doença
Nascidos em um ambiente repleto de micróbios, todos os animais tornam-se infectados
desde o momento do nascimento e, por toda a vida, tanto o homem como outros seres
vivos albergam uma variedade de espécies bacterianas

Infecção: implica em colonização, multiplicação ou a persistência dos
microrganismos nohospedeiro.

Doença: ocorre quando se verifica uma alteração do estado normal do
organismo
=> desequilíbrio da homeostase.

Infecção pode existir sem doença detectável

INTER-RELAÇÕES BACTÉRIA-HOSPEDEIRO
Simbiose
Quando tanto o hospedeiro quanto a bactéria se beneficiam de sua inter-relação, ela é
denominada “simbiótica”. Esta relação é extremamente estável, visto que a sobrevivência de
ambos os membrosdepende dela.

Antibiose
Quando bactérias e hospedeiro são antagonistas, se estabelece uma relação “antibiótica”.
Essa relação é bastante instável tanto para hospedeiro quanto para as bactérias, pois caso
haja a morte do hospedeiro, este também morre, a menos que seja transmitido para outro
hospedeiro.

Anfibiose (Caréter Anfibiôntico)
Estado intermediário no qual o hospedeiro e a microbiotacoexistem sob a forma de equilíbrio
estável. Se o equilíbrio é modificado, causa assim a patologia.

Prof. Cláudio

2

ICB/UFJF - Bacteriologia - Farmácia

28/03/2012

MICROBIOTA RESIDENTE OU INDÍGENA
• Microrganismos relativamente fixos, regulares em determinados sítios
• Quase sempre presentes em altos números (maiores do que 1%)
• São compatíveis com o hospedeiro, não comprometendo a suasobrevivência
• Diversificada habilidade metabólica:
- Colonização em sítios específicos e coexistência

Funções dos microrganismos residentes quando em equilíbrio com o hospedeiro

• Barreira contra instalação de microrganismos patogênicos
• Modulação do sistema imunológico
• Produção de substâncias utilizáveis pelo hospedeiro
• Degradação de substâncias tóxicas

MICROBIOTA TRANSIENTE OU TRANSITÓRIA

•Microrganismos não patogênicos ou potencialmente patogênicos
• Passam “temporariamente” pelo hospedeiro

Alguns microrganismos transitórios têm pouca importância, desde que a microbiota
residente esteja em equilíbrio:

• Havendo alteração nesse equilíbrio, os microrganismos transitórios podem
proliferar-se e causar doença

Prof. Cláudio

3

ICB/UFJF - Bacteriologia - Farmácia

28/03/2012

Doençaocorre quando o hospedeiro sofre danos o
suficiente para perturbar a homeostase
Dano é um termo relacionado à injúria de células, tecidos ou órgãos.

Sintomas: alterações subjetivas na função corporal (desconforto, mal-estar, dor).

Sinais: alterações objetivas que o médico pode observar e medir. Os sinais
incluem, p. ex., lesões nos tecidos (inflamação granulomatosa, formação de tumor),
edema, ouparalisia.

Microbiota indígena

Monomicrobiana

ORIGEM

ETIOLOGIA

Microbiota exógena

Polimicrobiana

Infecciosa

NATUREZA

Não-infecciosa

Prof. Cláudio

4

ICB/UFJF - Bacteriologia - Farmácia

28/03/2012

PATOGÊNESE DA DOENÇA BACTERIANA

Um microrganismo é um patógeno se for capaz de causar doença
Microrganismos potencialmente patogênicos: podem estar ou não associados a doença
Patógenos...
tracking img