Meu resumo da obra de lenardo boff da águia e a galinha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1852 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Boff inicia seu texto discorrendo sobre o que é ler e como se dá o processo de compreensão. Segundo ele, ler “significa reler e compreender, interpretar” E essa compreensão do que se lê não é estanque, mas sim mutável de acordo com o contexto biopsicossocial das pessoas e de suas vivências. Nas palavras de Boff. A cabeça pensa a partir de onde os pés pisam. Para compreender, é essencial conhecero lugar social de quem olha.
Com estes pressupostos, Boff conta a história de uma águia que foi criada como galinha, e propõe que essa história seja lida e compreendida como uma metáfora da condição humana, e que cada leitor lerá e relerá conforme suas condições.
Essa história foi contada, por James Aggrey, em meados de 1925 quando ele tinha participado de uma reunião, que o assunto era acolonização da população de Gana. Mas havia alguns lideres que eram a favor dos ingleses, e então para protestar a postura desses lideres, James narra a historia que foi analisada por Boff. Ele contou que um camponês foi a uma floresta “apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu apanhar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro, junto com as galinhas. Embora a águia fosse orei/rainha de todos os pássaros”.
Cinco anos se passaram, e o camponês recebeu a visita de um naturalista que ao passear pelo jardim reparou que aquele pássaro junto com as galinhas não era uma delas, mas sim uma águia. Surpreso, contou ao camponês sua descoberta, ao que o camponês respondeu que sabia que aquele pássaro era uma águia, mas que o havia criado como galinha, e que ela havia se transformadoem uma.
O naturalista discordou, e disse que ela tinha um coração de águia, e que seria eternamente águia. Discutiram ambos um bom tempo, até que resolveram colocar a águia a prova.


O naturalista pegou a águia, ergueu-a bem ato e ordenou que voasse. A águia viu as galinhas ciscando lá no chão e resolveu pular para junto delas. Após o ocorrido o camponês insistia em dizer que ela seriagalinha para sempre. Após varias tentativas a águia só voou quando não pode mais olhar as galinhas, e após o naturalista ter colocado a águia em direção do sol.
James teve grande relevância política como educador de seu povo. Para libertar o país – pensava ele à semelhança de Paulo Freire – precisamos, antes de tudo, libertar a consciência do povo. Ela vem sendo escravizada por ideias e valores doscolonizadores. Com efeito, os colonizadores, para ocultar a violência de sua conquista, impiedosamente desmoralizavam os colonizados. Afirmavam, por exemplo, que os habitantes da Costa do Ouro e de toda a África eram seres inferiores, incultos e bárbaros. Por isso mesmo deviam ser colonizados.
Por esses motivos ele achou a necessidade de contar essa historia. E é de fato algo muito real que naverdade, a população de Gana estava sendo escravizada a consciência que precisava ser liberta, por eles próprios, por iniciativas deles deixando de serem inferiores e mostrando o lado águia.
O autor Boff reconta a mesma historia detalhadamente, apresentando a vida das águias, para se obtiver uma reflexão mais rica, com mais informações, com objetivo de tirar lições de vida. Será recontada no estilodas midraxes (midrash: do hebraico).
Na midrash da águia, um ninho de águias sofre um acidente e despenca, machucando o filhote de águia que nele estava. Um criador de cabras que ali passava viu a aguiazinha caída, pensou que estivesse morta e quis leva-la a um amigo seu que era empalhador. Pensou que estivesse morta e quis leva-la a um amigo seu que era empalhador. Assim fez. Levou ofilhote ao seu amigo, que acabou por guardá-lo em uma cesta, para empalha-lo no dia seguinte. No outro dia, quando o empalhador foi pegá-la, se surpreendeu ao perceber que a águia não estava morta, mas um pouco cega e machucada.


Após refletir se deveria ou não poupar-lhe a vida, optou pela afirmativa. Cuidou da águia até que ela estivesse quase que completamente boa. Por fim, o empalhador chegou...
tracking img