Metrologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANHANGUERA EDUCACIONAL Ltda.
Faculdade Anhanguera São José
Curso de Bacharelado em Engenharia Mecânica






TRABALHO
DE
METROLOGIA INDUSTRIAL












São José dos Campos-SP
Abril de 2013
SUMÁRIO


1 DEFINIÇÃO DE UNIDADE DE MEDIDA 03

2 TOLERANCIAS DIMENCIONAIS 07

3 CONTROLE DE DIMENSÕES E CAUSAS DE ERROS 11

4 BLOCO PADRÃO 13

5 REFERÊNCIAS 161. DEFINIÇÃO DE UNIDADE DE MEDIDA


Entende-se por unidade um determinado valor em função do qual outros valores são enunciados. Usando-se a unidade METRO, pode-se dizer, por exemplo, qual é o comprimento de um corredor. A unidade é fixada por definição e independe do prevalecimento de condições físicas como temperatura, grau higroscópico (umidade), pressão, entre outras.


O SistemaInternacional de Unidades (SI) é o conjunto de unidades de medida adotadas como padrão na maior parte dos países do mundo.


Entre inúmeras unidades convencionas, há algumas que são chamadas de unidade-padrão por não derivarem de nenhuma outra unidade; estas são:


• Metro – Unidade de comprimento;


• Segundo – Unidade de tempo;


• Quilograma – Unidade de massa;• Ampère – Unidade de corrente elétrica;


• Kelvin – Unidade de temperatura;


• Mol – Unidade de quantificação de matéria;


1.1 MEDIÇÃO

Medição é a atividade de comparar uma quantidade com um padrão pré-definido.

1.2 AFERIÇÃO

Aferição é o ato de aferir, ou seja, medir, conferir pesos ou medidas. Procedimento de se controlar, auditar o pré-estabelecido.1.3 CALIBRAÇÃO

Calibração é o nome dado ao conjunto de operações que estabelecem, sob condições especificadas, a relação entre os valores indicados por um instrumento (calibrador) ou sistema de medição e os valores representados por uma medida materializada ou um material de referência, ou os correspondentes das grandezas estabelecidas por padrões.

1.4 VALIDAÇÃO

Validação (sistema daqualidade) é o mecanismo ou a atividade usada pela organização para assegurar que um processo cuja saída não é totalmente verificável seja capaz de fornecer de forma constante produtos que atendam às especificações.

1.5 PRECISÃO

Precisão é o grau de variação de resultados de uma medição. Em medidas de
tolerâncias pré-estabelecidas por um processo a um
produto.




1.6. EXATIDÃO


É ograu de conformidade de um valor indicado para um valor padrão reconhecidamente aceito ou valor ideal. A exatidão medida é expressa pelo desvio máximo observado no teste de um instrumento sob determinadas condições e através de um procedimento especifico. Exatidão indica a proximidade da medida aos valores que são aceitáveis.


A Precisão é o grau de concordância entre valores apurados, obtidospor medições repetidas, no mesmo ponto de medição, ou seja, verifica-se se o instrumento apresenta boa repetitividade, mas não identifica o erro do mesmo. A Exatidão é o grau de concordância entre um valor medido e um valor de referencia, ou seja, obtém-se o erro do instrumento.


[pic]

Figura 1. Diferença entre Precisão e Exatidão. Fonte: AGROINFO (web).



1.7. REPRODUTIBILIDADEReprodutibilidade é a constância na reprodução de certos dados. reprodução fiel e contínua dos resultados obtidos desde o seu primeiro teste.


1.7.1. REPETIBILIDADE


Repetibilidade – É a capacidade do instrumento de medição para dar, em condições de utilização definidas, as respostas muito próximas quando se aplica repetidamente o mesmo sinal de entrada. Estas condições incluem: reduçãoao mínimo das alterações; devido ao observador; mesmo procedimento de medição; o mesmo observador; o mesmo equipamento, utilizado nas mesmas condições; o mesmo local; e repetições durante um curto intervalo de tempo. A repetibilidade pode ser expressa quantitativamente através das características da dispersão das indicações.


1.8. ESTABILIDADE


É a variação total nas medições obtida com o...
tracking img