Metodologia cientifica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FARO FACULDADE DE RONDÔNIA

Danilo Carvalho Almeida
Gabriel Augusto Fernandes Gonçalves
Geovani Souza Maia
Ivete de Araújo Silva
João Henrique da Silva Souza
Lorrana de Lima Silva
Raíssa Mota Andrade
Raquel Jaeger Bezerra de Lima
APRENDENDO METODOLOGIA CIENTIFICA
Porto Velho, RO
2012.2
Danilo Carvalho Almeida
Gabriel Augusto Fernandes GonçalvesGeovani Souza Maia
Ivete de Araújo Silva
João Henrique da Silva Souza
Lorrana de Lima Silva
Raíssa Mota Andrade
Raquel Jaeger Bezerra de Lima
APRENDENDO METODOLOGIA CIENTIFICA
Trabalho apresentado à faculdade de Rondônia – FARO, para o curso de direito, na disciplina de metodologia da pesquisa jurídica, turma DIR02NB
Sob orientação da professora MS Rosa Maria Rodrigues de Araújo
Porto Velho,RO2012.2

RESUMO
As novas tendências metodológicas no Sec. XIX gera suas próprias crises ou contradições, os que acabam redimensionando as novas formas de conhecimento e consequentemente acabam criando novas formas de conhecimento, o positivismo e o materialismo. O positivismo está relacionando a natureza, dizendo que tudo deve seguir a ordem natural das coisas, sendo as vidas que regem a vidasocial independente das ações humanas. Como o positivismo implica no conhecimento cientifico, acaba desligando a ligação entre o sujeito e o objeto. O positivismo defende que os progressos da humanidade são restritos ao avanço tecnológico. No sec XX surgiu novas tendências cientificas, como os: neopositivismo, que defendia as experiências adquiridas em vida. Fenomenologia, que tinha como baseideias contrarias ao positivismo. Materialismo histórico dialético, concebido por Marx, mostrava uma nova forma de ver a realidade social.

ABSTRACK
The new methodological trends in the XIX century generates its own crises or contradictions, which have just resizing the new forms of knowledge and consequently end up creating new forms of knowledge, positivism and materialismo. Positivism is relatedto nature, saying that everything must follow the natural order of things, and the lives that govern social life regardless of human actions. As positivism implies the scientific knowledge, just off the connection between subject and object. Positivism holds that the progress of humanity are restricted to technological advancement. In the twentieth Century came new scientific trends, such as:neopositivism, who defended the experiences gained in life. Phenomenology, which was based on ideas contrary to positivism. Historical and dialectical materialism, conceived by Marx, showed a new way of seeing social reality.

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO………………………………………………………………6

1. DESENVOLVIMENTO…………………………………………………7
2. A EMERGÊNCIA DAS CIÊNCIAS HUMANAS…………………… 7
3. OPOSITIVISMO……………………………………………………… 8
4. TENDÊNCIAS METODOLÓGICAS NO SÉCULO XX…………… 8
5. NEOPOSITIVISMO…………………………………………………… 9
6. FENOMENOLOGIA………………………………………………… 10
7. MATERIALISMO HISTÓRICO-DIALÉTICO…………………… 11

CONCLUSÃO………………………………………………………………12
REFERENCIAS…………………………………………………………… 13

INTRODUÇÃO
O presente trabalho traz como tema gerador, a metodologia científica, o qual trata de sua importância e de suas diversas fases etransformações conforme a época em que se encontrava. Trazendo também conhecimentos sobre algumas metodologias como por exemplo o positivismo e a fenomenologia.
MÉTODO: Baseamos nosso trabalho na pesquisa por meio dos temas abordados, complementado-os com ideias dos cientistas em sentido particular, indo para o entendimento geral do tema abordado.
OBJETIVO: Compreensão de metodologias e processosque surgiram desde o século XVIII, como a Revolução Industrial e a Revolução Francesa; Por meio de interpretações de seus principais pensadores e suas teses.

1. A EMERGÊNCIA DAS CIÊNCIAS HUMANAS
O século XIX se apresenta com algumas características peculiares, a chamada Revolução Industrial e a Revolução Francesa, de natureza, ambas em meados do século XVIII....
tracking img