Merengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1098 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Secundária c/ 3º ciclo Henriques Nogueira

Disciplina: Educação Física

Professora: Filomena Lobo


























Trabalho Elaborado por:

Renato Pereira nº21

10ºPTIG



Torres Vedras/ 14 Março 2011

Índice• Introdução pág. 3

• Merengue pág. 4

• A Ascensão do Merengue pág. 6

• Uma ascensão política pág. 6

• Dança Comigo? pág. 7

• Lendas Dançantes pág. 7

• Conclusão pág. 8

• Referências Bibliográficas pág. 9



















Introdução



Realizei este trabalho no âmbito dadisciplina de Educação Física, e tem como objectivo aprofundar o conceito da dança merengue.

Começo por referir o conceito de merengue no geral, depois falo da sua ascensão.

Sei que o merengue é uma dança tradicionalmente conhecida, e espero com este trabalho informar e ficar mais informado acerca dele mesmo.

Boa leitura!O merengue é a dança nacional dominicana, mas também conhecida em Porto Rico, Haiti, Venezuela e Colômbia, na qual um dos pés marca o tempo e o outro é arrastado no chão. As suas origens são crioulas, tendo sido levada pelos escravos da África Astral (Angola), para os novos territórios das Américas, a sua primeira referência escrita data do século XIX. O estilo mais popular do merengue éhabitualmente interpretado por um amplo conjunto de instrumentos que inclui vários saxofones, acordeões, trompetes e teclados, com vocalistas divertidos. Ao nível coreográfico, o merengue apresenta passos fáceis e rápidos, dançados por casais entrelaçados. Fig. 1 - Merengue
Aparentemente essa última versão é a mais próxima da verdade. Entre 1838 e 1849, a dança chamada "Upa Habanera" (Upade Havana) fez o seu caminho no Caribe sendo bem-vinda em Porto Rico. Um dos passos desta dança era chamado de merengue e isso denominou a dança quando aportou em solos dominicanos. Permaneceu desconhecida para muitos até que o coronel Alfonseca escreveu letras para a nova música. Em 1844, o merengue ainda não era popular, mas em 1850 estava em alta, tirando o lugar antes ocupado pela tumba.Nesta época, os jornais de Santo Domingo iniciaram uma campanha contra o merengue em favor da tumba. A alta sociedade não o aceitava pois as letras eram vulgares, descendiam de negros africanos e não tinham carácter religioso. Mas aos poucos, o merengue foi ganhando espaço.
No começo do século XX, alguns músicos tentavam introduzir o merengue nos salões de bailes, porém ainda encontravamresistência da alta sociedade que não aceitava as letras das músicas. Em 1930, Rafael Trujilo usou as músicas na sua campanha presidencial através das rádios. Uma família aristocrática pediu para Luiz Alberti escrever uma letra decente e fez "Compadre Pedro Juan" que não foi só aceite pela sociedade como também se tornou um sucesso.
A partir daí, o ritmo tornou-se muito popular e passou a ser dançadoem muitos lugares do Caribe e América do Sul.
Actualmente, o merengue, assim como a sua prima salsa, sofreram influências norte americanas, como a de grandes bandas. Os instrumentos mudaram, mas o ritmo continua inconfundível. A dança é muito alegre e contagiante, com passos fáceis que permitem a cada dançarino se expressar através do seu ritmo.Fig. 2 – Merengue

























Fig. 3 – Merengue Fig. 4 – Merengue


















Fig. 5 – Merengue

A Ascensão do






Fig. 6 – Ascensão do Merengue

Uma ascensão política
Passo a passo, o Merengue foi conquistando o seu lugar e, em 1850, já destronava a Tumba, mas manteve-se uma dança...
tracking img