Mercado financeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O mercado financeiro é onde há negociação de dinheiro. É ele que faz a ligação entre pessoas/empresas que tem capital e as pessoas/empresas que precisam de capital. Para que isso ocorra é preciso de intermediário: os bancos. O mercado financeiro leva capital de quem tem para quem não tem, cobrando taxas de juros.
Esses processos são fiscalizados e controlados por entidadesreguladoras como: Banco Central, BOVESPA (Bolsa de valores de São Paulo), CVM (Comissão de Valores Mobiliários), dentre outras. Sendo que todas recebem ordens do órgão superior do Sistema Financeiro, o Conselho Monetário Nacional (CMN).
Esse trabalho fala sobre assuntos ligados ao Mercado Financeiro e de Capitais, como:
- as principais alterações na Lei das S/A e Lei de Falências;
- os tipos demercados de ações: Primário e Secundário;
- órgãos reguladores do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e seus intermediários financeiros; e sobre a estrutura e funcionamento da BOVESPA (Bolsa de Valores de São Paulo) e BM&F (Bolsa de Mercadorias & Futuros).








1. Sistema Financeiro Nacional – SFN

De acordo com ANDREZO (2007, pag. 37), o Sistema Financeiro Nacional é o conjunto deinstituições que possibilitam a transferência de recursos dos ofertadores para os tomadores, sendo compostos por órgãos normativos, fiscalizadores e intermediários/auxiliares financeiros.



1. Funções básicas

1. Função dos intermediários financeiros e definição de intermediação financeira

Segundo ANDREZO (2007, pag. 08), a intermediação financeira desempenha papel fundamentalno cenário econômico atual. Isso ocorre porque é por meio dela que se podem transferir recursos dos agentes econômicos superavitários para os deficitários. São agentes superavitários aqueles que dispõem de recursos em excesso e desejam poupá-los para consumir ou investir. Os agentes deficitários, por sua vez, são os que têm necessidade de recursos superior a quantidade possuída.

Acomplexidade das economias modernas faz com que não seja possível que a transferência de recursos se dê diretamente entre os agentes econômicos, sendo necessária a intermediação de instituições especializadas que fazem parte do mercado financeiro. Essas instituições formar o setor de intermediação financeira da economia.

Como mencionou o autor, o mercado financeiro atribui várias funções importantes,como otimizar a utilização dos recursos financeiros, administrar situações de riscos e criar condições de liquidez. (ANDREZO, 2007, p. 01).

Para ANDREZO (2007, p. 03), a função dos intermediários financeiros é reunir a poupança da economia e alocá-la de forma eficiente, permitindo que os recursos fluam dos agentes superavitários para os deficitários e que todos tenham suas necessidadessatisfeitas.

Intermediários financeiros captam poupanças diretamente do público e posteriormente aplicam esses recursos (empréstimos e financiamentos). Exemplo: Bancos Comerciais, Múltiplos e de Investimento.







2. Estrutura do sistema financeiro nacional

1. Órgãos de regulação e fiscalização

1. Monetário Nacional - CMN

Segundo FORTUNA (2002, p. 17).Conselho Monetário Nacional – CMN é o órgão superior do Sistema Financeiro Nacional e tem por finalidade formular a política da moeda e do crédito, objetivando a estabilidade da moeda e o desenvolvimento econômico e social do País.

“Ao CMN (Conselho Monetário Nacional) não cabe qualquer função executiva. Sua função é exclusivamente deliberativa.“ (ANDREZO; 2007, p. 38).

Para FORTUNA (2002,p. 18), as principais atribuições do CMN (Conselho Monetário Nacional) são:

- regular a constituição, funcionamento e fiscalização das instituições financeiras, bem como a aplicação das penalidades previstas na Lei quando cabíveis;

- estabelecer medidas de prevenção ou correção de desequilíbrios econômicos;

- disciplinar o crédito em suas modalidades e as formas das operações...
tracking img