Mercado de cambio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1599 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
 
Uma breve história das taxas de câmbio
Durante séculos, as moedas do mundo eram trocadas por ouro. Ou seja, uma moeda em papel emitida por qualquer governo do mundo representava uma quantia real de ouro guardada em um cofre desse governo. Nos anos 30, os EUA determinaram o valor do dólar em um nível único e invariável: 28,57 gramas de ouro valiam US$ 35. Depois da Segunda Guerra Mundial,outros países basearam o valor das suas moedas no dólar americano. Como todos sabiam quanto de ouro valia um dólar americano, então o valor das outras moedas com relação ao dólar pôde ser baseado no seu valor em ouro. Uma moeda valia duas vezes a mesma quantidade de ouro que um dólar americano, portanto também valia dois dólares americanos.
Infelizmente, o mundo real da economia transpôs essesistema. O dólar americano sofreu com a inflação (seu valor relativo às mercadorias que poderia comprar diminuiu), enquanto outras moedas passaram a ser mais valiosas e mais estáveis. Por fim, os EUA não puderam mais fingir que o dólar valia tanto quanto antes. O valor foi oficialmente reduzido para que 28,57 gramas de ouro valessem então US$ 70. O valor do dólar foi cortado ao meio.
|[pic]|


Finalmente, em 1971, os EUA acabaram com o padrão do ouro. Isso significou que o dólar não representava mais uma quantia real de uma substância preciosa. As forças do mercado sozinhas determinaram seu valor.
Hoje, o dólar americano ainda domina muitos mercados financeiros. Na verdade, as taxas de câmbio são expressas com freqüência em termos de dólaresamericanos. Atualmente, o dólar americano e o euro somam cerca de 50% de todas as transações de câmbio de moedas no mundo. Ao acrescentar as libras, os dólares canadenses, os dólares australianos e o iene à lista, a soma é de mais de 80% de todos os câmbios de moedas.
Como funcionam as taxas de câmbio


Introdução
| | | | |
| | |
|| | | |
| | |


Todo mundo que viaja para o exterior acaba usando moedas estrangeiras. Normalmente, os turistas compram dólares norte-americanos e, se não for viajar para os Estados Unidos, tem que trocar pela moeda do país: pesos argentinos, libras esterlinas ou ienes japoneses. Caso tenha feito isso, você viu as taxas decâmbio em ação. Mas você compreende como elas funcionam?
Provavelmente você ouviu o repórter financeiro no noticiário da noite dizer algo como: "o dólar caiu com relação ao iene hoje ou o real subiu em relação ao dólar". Mas você sabe o que isso significa?
| |

Neste artigo, vamos falar sobre o que são as taxas de câmbio e explicar alguns dos fatoresque podem afetar o valor da moeda nos países em todo o mundo.
O custo do dinheiro
As moedas nacionais são muito importantes para a maneira como as economias modernas operam. Elas nos permitem expressar, de forma consistente, o valor de um item pelas fronteiras dos países, oceanos e culturas. Precisamos das taxas de câmbio porque a moeda de um país nem sempre é aceita em outro. Você não pode entrarem uma loja no Japão e comprar um pedaço de pão com francos suíços. Primeiro, você teria de ir a um banco e comprar um pouco de iene com seus francos suíços. Uma taxa de câmbio é simplesmente o custo de uma forma de moeda em outra forma de moeda. Ou seja, se você trocar 1 franco suíço por 80 ienes, estará apenas comprando uma forma diferente de dinheiro.
|[pic]|


Você pode expressar essa taxa de câmbio como:
1 franco suíço = 80 ienes
O que significa que um franco suíço custa 80 ienes.

 
Métodos de câmbio
A taxa de câmbio flutuante
Há dois sistemas principais usados para determinar a taxa de câmbio de uma moeda: moeda flutuante e moeda estável.
O mercado determina uma taxa de câmbio...
tracking img