Melhorias da qualidade nos sistema de saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4074 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MELHORIA DA QUALIDE DE UM PRONTO SOCORRO COM A IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE MANCHESTER




























MELHORIA DA QUALIDE DE UM PRONTO SOCORRO COM A IMPLANTAÇÃO DO PROTOCOLO DE MANCHESTER






















SUMÁRIO

1 - Introdução 18
1.1 - Histórico
1.2 - Conceito
2 - Desenvolvimento
2.1 - Pronto Socorro
2.2 - AcreditaçãoHospitalar
2.3 - Protocolo de Manchester
2.4 - A implantação do Protocolo de Manchester
3 - Conclusão
4 - Bibliográfia




















1 - Introdução
1.1 - Histórico
Melhorar os processos da organização é fator crítico para o sucesso institucional de qualquer organização, seja pública ou privada, desde que realizada de forma sistematizada e que seja entendida portodos na organização.

A instituição que busca melhorias do processo visa: Satisfação total dos clientes, gerência participativa, desenvolvimento humano, constância de propósitos, melhoria contínua, gestão de processo, gestão de informação e comunicação, garantia da qualidade e busca da excelência;

Para a adequada melhoria de um processo é necessário um conjunto de ações para identificarpossíveis desvios, corrigir erros, transformar insumos em produtos, ou serviços com alto valor agregado, ou seja, aquilo que o cliente está disposto a pagar.

O grande objetivo de realizar a melhoria de processos é agregar valor aos produtos e aos serviços que as organizações prestam aos seus clientes.
A melhoria de processos busca um conjunto de princípios, ferramentas e procedimentos que fornecemdiretrizes para um completo gerenciamento das atividades, com foco no atendimento das necessidades dos usuários dos serviços da organização.

Com o intuito de agregar valor ao prestação os serviços de saúde estão investindo cada vez mais nas melhorias de processos, a fim de reduzir tempo de espera, diminuir inventário, aumentar a rotatividade dentre outras ações, antes não tão importantes, oupelo menos não tão essenciais, conforme as instituições de saúde passaram a ser vistas como um negócio, esses investimento tornaram essenciais para a sobrevivência das instituições e até mesmo um fator comparativo para os clientes do serviço.


Dentre os processos de maior remodelagem e investimento há o Pronto Socorro é umas das portas de entrada das instituições, os projetos tem o intuito dereduzir espera e aumentar demanda.
Para isso há alguns sistemas de gerenciamento do serviço, por exemplo, o Protocolo de Manchester, que facilita na identificação das etapas: Mapeamento, Monitoramento dos processos e dos resultados, Identificação, priorização de problemas e suas causas; Estabelecimentos das ações corretivas, preventivas e de melhoria; e o Sistema de documentação e procedimentosoperacionais.

1.2 – Conceitos
Para Machado (2005) a definição das situações de emergência e urgência está relacionada ao tipo de tratamento, sendo que:
Emergência: destinada a tratamento imediato com risco de vida eminente. Urgência: para tratamento com risco de morte pouco provável, necessidade de tratamentos específicos.
Pronto socorro é o "estabelecimento de saúde destinado a prestarassistência a doentes, com ou sem risco de vida, cujos agravos a saúde necessitam de atendimento imediato. Funciona durante as 24 horas do dia e dispõe apenas de leitos de observação" (BRASIL, 1985a, p. 25)












2 - Desenvolvimento
2.1 - Pronto Socorro
A imprevisibilidade das circunstâncias atendidas em emergência gera uma crise, desencadeando no sujeito perda do corpo saudável(doença) e da condição de “inteiro” (fraturas, mutilações, procedimentos cirúrgicos), ocasionando medos que se baseiam em dados de realidade, como a sensação de dor e de outros sintomas físicos, a dependência e a impotência (Souza, 2005).
Além disso, os novos aparatos tecnológicos têm feito, cada vez mais, com que os pacientes se entreguem na sua totalidade a profissionais desconhecidos e a...
tracking img