Meios corrosivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DEFINIÇÃO DE CORROSÃO
• Processo inverso da Metalurgia Extrativa, em que o metal retorna ao seu estado original. • Corrosão é a destruição ou deterioração de um material devido à reação química ou eletroquímica com seu meio • Corrosão é a transformação de um material pela sua interação química ou eletroquímica com o meio

ENGENHARIA DE CORROSÃO
• Aplicação de ciência e trabalho para prevenirou controlar a corrosão de maneira econômica e segura • Princípios químicos e metalúrgicos • Propriedades mecânicas dos materiais • Natureza dos meios corrosivos • Disponibilidade de materiais • Processos de fabricação • Projeto • Ensaios de corrosão

Resistência à corrosão

Disponibilidade

Custo

Material
Resistência Mecânica Aparência

Processo de Fabricação

Aspectoseletroquímicos Aspectos Físico-Químicos Resistência à Corrosão Aspectos Termodinâmicos Aspectos Metalúrgicos

MEIOS DE CORROSÃO
• Atmosfera • Principais Parâmetros: - materiais poluentes - umidade relativa - temperatura - intensidade e direção dos ventos - variações de temperatura e umidade - chuvas - radiação

MEIOS DE CORROSÃO
• Classificação: - Rural - Industrial - Marinha - Urbana - Urbana-Industrial - outras combinações

MEIOS DE CORROSÃO
• Meio aquoso - Águas naturais: água salgada e água doce

- gases dissolvidos - sais dissolvidos - material orgânico - bactérias e algas - sólidos em suspensão - pH e temperatura - velocidade da água

MEIOS DE CORROSÃO
• Meio aquoso - Águas naturais: água salgada e água doce

- gases dissolvidos - sais dissolvidos - material orgânico -bactérias e algas - sólidos em suspensão - pH e temperatura - velocidade da água

MEIOS DE CORRROSÃO
• Meios líquidos artificiais: produtos químicos em geral • Solos: - aeração, umidade e pH - microorganismos - condições climáticas - heterogeneidades do solo - presença de sais, água e gases - resistividade elétrica - correntes de fuga

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO

Célula Eletroquímica:Célula de Daniell

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO

Corrosão: a resistência entre os eletrodos é nula: célula em curto-circuito

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO Exemplo: reação do zinco na presença de ácido clorídrico Zn + 2HCl Zn + 2H+ ZnCl2 + H2 Zn2+ + H2

Reação de oxidação (anódica): Zn Zn2+ + 2e Reação de redução (catódica): 2 H+ + 2e H2

MECANISMO ELETROQUÍMICO DACORROSÃO As reações anódica e catódica são reações parciais Ambas reações acontecem simultaneamente e à mesma velocidade sobre a superfície do metal: não há acúmulo de carga elétrica

Qualquer reação que pode ser dividida em dois processos parciais de oxidação e redução é denominada reação eletroquímica

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO • Reações catódicas • Evolução de hidrogênio (meiosácidos) 2H+ + 2e H2 • Redução de oxigênio (soluções ácidas) O2 + 4H+ + 4e 4OH• Redução de oxigênio (soluções neutra ou básicas) O2 + 2H2O + 4e 4OH• Redução de íon metálico M3+ + e M2+ • Deposição de metal M+ + e M

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO Metal sofrendo corrosão consiste: • região que cede eletrons dissolução do metal (corrosão) reação anódica condutor eletrônico • região que consomeeletrons reação catódica condutor iônico: eletrólito

Teoria de Células Locais

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO

• Fontes de Corrosão Eletroquímica • Heterogeneidades primárias: são inerentes ao material
Impurezas no metal Ligas Vérticies e arestas de cristais Pontos de ruptura de filmes protetore

MECANISMO ELETROQUÍMICO DA CORROSÃO

• Heterogeneidades secundárias: não inerentes aomaterial
Correntes elétricas de fuga contatos bimetálicos diferenças no meio corrosivo (aeração, concentração)

CIÊNCIA DA SUPERFÍCIE
• Ciência dos materiais: interpreta as propriedades dos materiais em termos das interações entre átomos e moléculas que constituem o todo do material interpretação parcial do comportamento do material. • Ciência de Superfície: permite explicar falhas...
tracking img