Meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1-Tema: A história sócio-cultural negra do município de Mazagão

2-Delimitação do tema: A contribuição do negro na formação da vila de Mazagão velho.

3-Problema de pesquisa:
Como o negro contribuiu para a construção da vila de Mazagão velho no contexto histórico e sócio-cultural e religioso?
4-Hipótese:
O negro contribuiu ao trazer suas heranças oriundas da África, visto que o atualmunicípio é caracterizado por danças típicas, músicas, literatura e religião africana.

5-Justificativa:
Percebe-se que a comunidade em geral, principalmente a escolar, apesar de participar das manifestações culturais desenvolvidas na localidade, ainda possui um vago conhecimento no que diz respeito aas suas origens.
Desta forma viu-se a necessidade de trabalhar este projeto de intervenção nasescolas, buscando o resgate de suas raízes nos aspectos históricos, sócio cultural e religioso.

6-Objetivo geral:
Conscientizar a comunidade escolar no que diz respeito ao surgimento da vila e a contribuição da cultura africana e sua família.

7-Objetivo especifico:
a) Resgatar a história da chegada do povo africano na vila de Mazagão.
b) Conhecer a formação político, sócio-culturale religiosa da vila de Mazagão velho.
c) Compreender as transformações ocorridas no contexto atual da vila.

8-Metodologia:
À principio será feita uma pesquisa com levantamento de dados bibliográficos e com moradores da comunidade abordando assuntos relacionados à cultura africana. Em seguida será realizada uma palestra com historiadores e moradores mais antigos da comunidade para quepossam difundir o surgimento da vila.
Em um segundo momento será realizado uma amostra com eventos festivos da comunidade, onde se apresentara alguns grupos que difundem a cultura africana como: batuque, capoeira e outros.

9-Referencial teórico:
Não se pode falar da historia sócio-cultural negra do município de Mazagão sem antes fazer uma retrospectiva pelos anais da escravidão no Brasil, desdeseu ponto de partida na África, onde são bruscamente arrancados de suas raízes, passando por suas longas e sofridas viagens, aos seus desembarques usados, explorados na maioria de maneiras desumanas, sem perspectivas de vida. Segundo “ ”
Depois de longa travessia atlântica e do desembarque em alguns portos das grandes cidades do Brasil, ou em praias desertas, os africanos logo percebiamque sobreviver era um grande desafio que tinha pela frente. Logo percebiam que viver sobre a escravidão significava submeter-se à condição de propriedade e, portanto passiveis de serem leiloados, vendidos, comprados, permutados por outras mercadorias, doados e legados. Significava, sobretudo, ser submetido ao domínio de seus senhores e trabalhar de sol a sol nas mais diversas ocupações.
Nestaperspectiva a população de escravos chegou a ser significativa por vezes, chegando a superar a população brasileira livre, onde as mãos escravas eram essenciais em todos os seguimentos econômicos, percebe-se então que, a posse pelos cativos não se restringiu somente a senhores feudais de engenho, fazendeiro ou pessoas ricas, mas a uma camada expressiva da sociedade a quem interessava em manter aescravidão, visto que de alguma forma mesmo sem muitos recursos, possuíam escravos. De acordo com
“Possuir escravos não era privilégio apenas dos senhores de engenho, fazendeiros de café e de pessoas ricas da cidade. Até a metade do século XIX, a propriedade escrava estava bastante disseminada entre as diversas camadas da sociedade, inclusive, pobres e remediados, padres, militares, funcionáriospúblicos, artesãos, taverneiros, comerciantes e pequenos lavradores investiam em escravos.”
E para manter os interesses dessas classes dominadoras a escravidão do Brasil perdurou por mais de três séculos, apesar do Brasil se tornar independente de Portugal e ser promulgada a sua primeira constituição, tornando o Brasil em uma sociedade escravista e racista.

Portanto, o período da escravidão...
tracking img