Medir para melhorar o aumento a eficácia das políticas públicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1382 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Medir para melhorar o aumento a eficácia das políticas públicas
Fundamentação teórica
Organização é um sistema de atividades conscientemente coordenadas de duas ou mais pessoas onde, devido a limitações pessoais, os indivíduos são levados a cooperarem uns com os outros para alcançar certos objetivos que a ação individual isolada não conseguiria. Portanto, as organizações se constituem nessainteração que faz com que elas sejam dinâmicas e complexas.
Ao ingressar em um sistema organizacional, o indivíduo busca, de modo geral, satisfazer tanto as suas necessidades de pertencer a um grupo social quanto de se auto-realizar. No entanto, sabe-se que estes objetivos nem sempre são alcançados, visto que existem inúmeros fatores que permeiam as relações de trabalho e influenciam na satisfaçãodessas necessidades. Pode-se dizer, ainda que um dos fatores mais complexos e potentes nesse sentido é a própria subjetividade humana, ou seja, as motivações, interesses, valores, história de vida, modo de relacionar-se, enfim a singularidade de cada sujeito que influencia o grupo como um todo. Confirmando essa visão (1999) afirma que: A maneira de lidar com as diferenças individuais cria um certoclima entre as pessoas e tem forte influência sobre toda a vida de um grupo, principalmente nos processos de comunicação relacionamento interpessoal, no comportamento organizacional e na produtividade. Sendo assim, o relacionamento interpessoal e o clima dos grupos podem trazer satisfações ou insatisfações pessoais ou grupais, repercutindo na organização em sua totalidade. E neste sentido é que oconjunto de preceitos, políticas administrativas, valores e crenças é que dão forma ao modo especial e único de como as pessoas agem e interagem dentro de uma organização e conseqüentemente colaboram para o estabelecimento de uma cultura e clima organizacional.
Ao pesquisar a bibliografia relacionada à cultura organizacional, verifica-se que, em geral, os conceitos encontrados são muitosparecidos ou se complementam. No entanto destacou-se a conceituação de Nassar (2000).
“Cultura organizacional é o conjunto de valores, crenças e tecnologias que mantém unidos os mais diferentes membros de todos os escalões hierárquicos, perante as diferenças, as dificuldades, operações do cotidiano, metas e objetivos. Pode-se afirmar ainda que é a cultura organizacional que produz junto aos maisdiferentes públicos, diante da sociedade marcados o conjunto de percepções, ícones, índices e símbolos que chamamos de imagem corporativa”.
Alguns autores (Chiavenato 1999, Nassar 2000, Vergasta 2001) afirmam que a cultura organizacional pode sofrer mudanças ao longo do tempo, mesmo que a organização resista a elas. De acordo com Vergasta 2001 “ a cultura organizacional não é algo pronto e acabado, masestá em constante transformação, de acordo com sua história, os seus atores e com a conjuntura.” É importante salientar que as organizações, muitas vezes, estão inseridas em um mesmo contexto sócio – econômico – cultural, no entanto, apresentam características singulares. Isto se deve a inúmeras variáveis, como o modelo de gestão que recebem, o tipo de liderança predominante, o comprometimento deseus colaboradores, a sub-cultura local com suas respectivas crenças e tabus, enfim a uma diversidade de fatores que irão constituir uma cultura organizacional diferente em cada organização.
Como se percebe, para analisar e intervir em uma organização se faz necessário englobar todos os componentes organizacionais e ter uma atenção especial aos chamados “sintomas culturais” tais como: o perfildos líderes e clientes internos, os ritos e símbolos presentes nas relações, os tipos de comunicações adotadas, a filosofia que guia a política de gestão, o clima organizacional, a coerência entre a missão da organização e as atitudes comportamentais de seus componentes, enfim inúmeros fatores significativos para a visualização da cultura organizacional. Para Chiavenato (1996) “A cultura...
tracking img