Mdd: desenvolvimento dirigido a modelos - um breve roteiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3301 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MDD: Desenvolvimento Dirigido a Modelos – Um Breve Roteiro
Felipe C. Godinho1, Henrique B. Lopes1, Lucas H. Costa1, Thales V. Batista1
1

Departamento de Computação – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) – Belo Horizonte, MG – Brasil
{felipegodinho, henrique.b.l, thales_batista}@hotmail.com, lucas.cruz_costa@yahoo.com.br

Abstract. Model Driven Development(MDD) aims to shift the focus of software development, helping to increase software quality, and facilitate the portability and reduce the costs of development. Therefore, this article presents a brief introduction to the MDD exploring the concepts of this paradigm as well as its advantages and disadvantages. Furthermore, we present a process-driven development models. Resumo. Desenvolvimento Dirigidopor Modelos (MDD) tem como objetivo mudar o foco do desenvolvimento de software para os modelos, contribuindo para aumentar a qualidade de software, bem como facilitar a portabilidade e diminuir os custos inerentes à evolução. Logo, este artigo apresenta uma breve introdução ao MDD explorando os conceitos deste paradigma, bem como suas vantagens e desvantagens. Além disso, é apresentado umprocesso de desenvolvimento dirigido a modelos.

1. Introdução
Hoje em dia cada vez mais se dá importância à forma como um problema é abordado antes de passar para fases posteriores do projeto, com a finalidade de evitar problemas de implementação, falta de entendimento, no que diz respeito ao cliente, ou má gestão de recursos, como custos e prazos. Dessa forma, o uso de modelos rigorosos nodesenvolvimento de sistemas complexos é algo comum na maioria das disciplinas de Engenharia. Os modelos ajudam-nos a compreender um problema e as suas potenciais soluções através da abstração. Parece então óbvio que os sistemas de software, que muitas vezes estão entre os mais complexos sistemas de Engenharia, possam se beneficiar do uso de modelos e técnicas de modelagem. Criam-se modelos para uma melhorcompreensão do que será realmente construído. Quando a entidade a ser construída for um software, nosso modelo deve ser capaz de representar as informações que o software transforma, a arquitetura e as funções que possibilitam a transformação, as características que os usuários desejam e o comportamento do sistema à medida que a transformação ocorra. Os modelos devem cumprir esses objetivos emdiferentes níveis de abstração – primeiro, descrevendo o software do ponto de vista do cliente e, posteriormente, em nível mais técnico [Pressman 2011]. Entretanto, o uso de modelos em Engenharia de Software é pouco comum e mesmo quando são usados desempenham um papel secundário. Porém, o emprego

de modelos na Engenharia de Software traz grandes benefícios e é neste âmbito que se enquadra oModel Driven Development (MDD: Desenvolvimento Dirigido a Modelos).

2. Model Driven Development
2.1. Conceito O Model Driven Development é um estilo de desenvolvimento de software onde os artefatos principais são modelos dos quais o código e outros artefatos são gerados através da aplicação de transformações. O modelo é a descrição do sistema de uma perspectiva particular, omitindo detalhesirrelevantes de tal forma que as características de interesse são vistas claramente. No MDD, é introduzido um critério adicional de que um modelo deva ser compreendido por máquinas. Por exemplo, deve ser possível acessar o conteúdo do modelo de maneira automática. A possibilidade das máquinas lerem os modelos é pré-requisito para ser possível gerar artefatos. O diagrama no quadro branco pode atenderoutros critérios de ser um modelo, porém, até ser capturado de uma maneira compreensível por máquinas, não pode-ser usado dentro do MDD. Modelos de software geralmente são expressos com UML, que possui um formato padrão de serialização compreendida por máquinas, permitindo automação. O XML Metadata Interchange, XMI, é usado para serializar modelos UML. Modelo de software escondem detalhes técnicos...
tracking img